Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Daniela Cruz: “Tenho orgulho de ter começado do zero”

No Fórum CLAUDIA #EuTenhoDireito, a diretora da Vult Cosméticos mostrou que nunca é tarde para iniciar uma nova carreira

Por Clara Novais Atualizado em 10 mar 2018, 21h12 - Publicado em 6 mar 2018, 13h25

Arquiteta de formação e surfista de final de semana, Daniela Cruz foi pega de surpresa quando uma amigo a convidou para abrir uma marca de maquiagem com preço acessível para a mulher brasileira. Essa é uma das muitas ondas que a, hoje, sócia-fundadora e diretora de Vult Cosméticos falou sobre em seu discurso no Fórum CLAUDIA #EuTenhoDireito, nesta terça-feira (06), em São Paulo.

“Tenho orgulho de ter começado do zero”, compartilhou a executiva, que não se arrepende de ter largado um emprego estável para entrar nesse desafio. Seu mote é “Peso certo para cada problema”. Daniela acredita que essa visão contribuiu para que ela e a Vult conseguissem avançar sem demora. “Por não perder tempo com as coisas pequenas, tive tempo para as coisas importantes. Usei essa energia para construir”, compartilhou.

Veja também: Vult faz sucesso com maquiagens a preços populares

A diretora da Vult se considera uma pessoa confiante e faz questão de mostrar para as filhas que é importante ter coragem de se reinventar. Em sua fala, ela repetiu o que costuma dizer para as meninas: “Que vocês tenham coragem de mudar a vida de vocês e, consequentemente, mudar a vida de outras pessoas que precisam de ajuda.”

FORUM CLAUDIA-DANIELA-CRUZ2
Ricardo Toscani/CLAUDIA

Com o objetivo de transformar a vida de quem não teve as mesmas oportunidades e, assim, retribuir tudo o que ela colheu de bom dentro da empresa, ela estimulou a abertura de cursos profissionalizantes. Junto a parceiros, como o Instituto Neymar e o Insituto Gabriel Medina, a Vult atua em periferias com o intuito de estimular as mulheres locais a gerar renda própria. Em dois anos, foram 930 formadas.

Leia também: Três empreendedoras que acertaram ao investir no ramo da beleza

“O mais bonito que estamos colhendo disso é o empoderamento dessas mulheres. O resgate de autoestima e a sororidade para elas se unirem e mudarem a história delas”, comemorou Daniela. “Elas saíram mudando a história delas, vendo que são capazes de aprender e transformar a vida de sua família também.”

Leia também: Boticário compra Vult

Continua após a publicidade
Publicidade