Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Hidratação, nutrição ou reparação: qual a sua máscara?

Descubra qual variação do produto funciona melhor para o seu tipo de cabelo

Por Abril Branded Content 22 set 2017, 11h03

Quantas vezes já investimos em uma máscara por recomendação de amigas ou por se tratar de um creme que “todo mundo está usando e adorando”, mas acabamos nos frustrando com o resultado? Isso não significa que o produto seja ruim ou nosso cabelo tenha algum problema.

Assim como não é toda roupa que fica boa em qualquer tipo de corpo, o mesmo acontece com os produtos para cabelos. A melhor máscara de nutrição do mundo não vai fazer efeito se os seus fios precisarem de hidratação ou reparação, por exemplo.

Mas como descobrir isso? A hair stylist Marcela Lippi, do Studio Tez Spa do Cabelo, tem um truque ótimo e muito fácil de ser realizado. Para o teste, coloque um fio de cabelo em copo com água e deixe-o ali por 15 minutos.

Se o fio flutuar, é sinal de que tem baixa porosidade, isto é, a água não entra na fibra capilar e o cabelo só precisa repor água para não ressecar. Reverta o quadro adotando uma máscara de hidratação.

  • Como escolher a sua: procure no rótulo ingredientes como extrato de plantas e frutas, vitaminas e pantenol, além de grãos e sementes, como chia, quinoa e amaranto

Agora, se o fio ficar no meio do copo, a porosidade é média, ou seja, ainda não perdeu a elasticidade, mas está sem brilho, opaco, precisando repor óleo. Você necessita de uma máscara de nutrição.

  • Como escolher a sua: procure no rótulo ingredientes como manteigas e óleos naturais e essenciais

Por fim, se o fio afundar, ele está altamente poroso. Esse dano pode ser causado por excesso de fontes de calor, como secador, chapinha e babyliss, ou uso de processos químicos – alisamento e coloração, por exemplo. O produto que você precisa adotar é uma máscara de reparação.

  • Como escolher a sua: procure no rótulo ingredientes como arginina, queratina e cisteína.
  • Para fazer em casa: opte por produtos cuja fórmula contenha aminoácido, como os da linha OX Reparação Completa, que remove os excessos de impurezas – elas sufocam o folículo e impedem o crescimento dos fios fortes e saudáveis. A arginina, aminoácido presente na fórmula, ao lado da argila negra (composta por vários minerais), reforça a estrutura do cabelo, conservando-o diante de desgaste externo. Ainda auxilia na fixação de aminoácidos sobre o córtex, repondo as proteínas.
Divulgação

Como usar as máscaras

Selecionar o tipo de produto adequado ao seu cabelo é fundamental para garantir o efeito desejado, assim como usá-lo de maneira correta. Além de seguir as orientações do fabricante, vale anotar as dicas a seguir:

  1. Escolha shampoo e condicionador adequados para o seu tipo de cabelo.
  2. Lave os fios com água morna, massageando o couro cabeludo com as pontas dos dedos.
  3. Aplique o condicionador do meio para as pontas (não passe na raiz), retire o excesso e aplique a máscara.
  4. Use uma toalha aquecida – isso vai ajudar a abrir a cutícula e fazer o produto penetrar. Evite a touca térmica, pois pode superaquecer os fios.
  5. Não adianta deixar nenhuma máscara agindo nos cabelos por mais do que 20 minutos. Além de não potencializar o efeito, o cabelo pode ficar pesado e com resíduos.
  6. Retire bem o produto. Na hora de pentear, comece pelas pontas, depois do meio para as pontas, por fim, da raiz até as pontas.
Continua após a publicidade
Publicidade