Cadela é resgatada depois de viver 8 anos acorrentada em Portugal

Kitty foi encontrada doente em um terreno abandonado na Ilha da Madeira

Uma cadela da raça São Bernardo foi resgatada de uma propriedade abandonada na Ilha da Madeira, em Portugal. A ONG Ajuda a Alimentar Cães, que atua no arquipélago português, foi a responsável pela ação, com ajuda da polícia local, e afirmou que o animal “viveu oito anos sem saber o que é liberdade”.

Kitty foi encontrada acorrentada à uma árvore, claramente fraca e doente, e até tentou latir com a chegada da equipe, mas não conseguiu devido à tosse. “A tristeza no olhar desta menina é devastadora, parece que implora por ajuda”, escreveu a ONG em seu Instagram.

View this post on Instagram

Oito anos presa. Oito anos sem saber o que é a liberdade. Foi comprada há oito anos. Chama-se Kitty e é uma São Bernardo. Foi encontrada acorrentada a uma árvore numa propriedade onde não mora ninguém. Está muito doente. Tentou ladrar mas não consegue porque começa a tossir. A tristeza no olhar desta menina é devastador, parece que implora por ajuda. A Associação Ajuda a Alimentar Cães foi ao local e com o apoio da PSP conseguimos resgatar a Kitty. Às vezes agimos sem pensar. Conseguimos resgatar a Kitty mas não temos como a tratar. Foi transportada para o Hospital Veterinário da Madeira mas é tudo muito caro. As análises e os tratamentos serão impossíveis de suportar sem o vosso apoio. Custa-nos tocar no corpo da Kitty, o pêlo disfarça os ossinhos. Está muito magra e com poucas forças. E custa-nos saber que sozinhas não a vamos conseguir salvar. A Kitty agora é nossa. Nossa e vossa. E precisamos de nos unir novamente para salvarmos mais uma vida. Não vamos permitir que mais ninguém acorrente ou maltrate a Kitty. Nunca mais. Mas precisamos que vocês não permitam que a Kitty fique sem tratamento. Pedimos um donativo, um pequeno donativo para darmos autorização ao Hospital para fazerem qualquer tratamento necessário por favor. Todo o resgate da Kitty daqui a uma hora na história do dia no nosso Instagram. Dados da Associação Ajuda a Alimentar Cães para transferência bancária: NIB: 0010 0000 5209 0190 0019 1 IBAN: PT 50 0010 0000 5209 0190 0019 1 Paypal: https://www.paypal.me/ajudaaalimentarcaes

A post shared by Ajuda a Alimentar Cães (@ajudaaalimentarcaes) on

A cadela foi levada para o Hospital Veterinário da Madeira, onde foi diagnosticada com febre e dirofilariose – também conhecida como verme do coração. Kitty foi tosada, tomou banho e ficará em tratamento no hospital. A instituição está compartilhando toda sua evolução em seu Instagram e aceita doações para continuar seu trabalho.

Leia mais: Justiça garante direito de gato andar livremente em galeria no Rio

+ Cachorro finge desmaio para não cortar as unhas

PODCAST – Como dialogar com as crianças e adolescentes sobre sexualidade