Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Denise Steiner Por DERMATOLOGIA A médica Denise Steiner é dermatologista, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia e doutora pela Unicamp

Um guia para hidratar a sua pele do jeito certo

A dermatologista Denise Steiner explica o que interfere na hidratação da pele e diz quais os tipos de cuidados são mais indicados

Por Denise Steiner Atualizado em 26 fev 2021, 18h06 - Publicado em 27 fev 2021, 12h00

A pele é o maior órgão do corpo humano, tão importante como o coração, pulmão ou fígado, sendo essencial para nossa saúde e proteção. Através do tato sentimos o mundo exterior e o carinho de outros seres humanos.

A pele nos recobre e expõe nossa aparência, mediando a autoestima individual. A barreira cutânea nos protege das diversas agressões externas como mudanças de temperatura, poluição, radiação solar entre outras.

Essa defesa depende da hidratação cutânea, pois a água é o elemento fundamental para o funcionamento das células. A água está dentro da pele e manter a hidratação significa não deixar essa água evaporar.

A água não entra de fora para dentro como pode ser entendido por alguns. Beber muita água é importante para direcioná-la para as camadas da pele.

Vários fatores interferem na hidratação cutânea como idade, doenças, radiação solar, poluição, mudanças de temperatura entre outras.

Existem dois tipos de hidratantes conforme o mecanismo de manutenção da água, quais sejam, oclusivos e umectantes.

O primeiro funciona como uma barreira que evita a evaporação da água, ex. vaselina, petrolato e alguns óleos.

Continua após a publicidade

O hidratante umectante é aquele cuja formulação tem moléculas que retém a água dentro da pele, ex. ácido hialurônico, uréia, sorbitol, glicerina, aquaporina entre outros.

Alguns hidratantes especiais podem ter, além de componentes umectantes e oclusivos, princípios ativos como alfahidroxiácidos que melhoram a troca celular e também vitaminas antioxidantes que ajudam na inflamação da pele.

A pele precisa ser hidratada pelo menos uma vez ao dia. O filtro solar pode ser associado a hidratante para otimizar os cuidados com a pele.

A limpeza da pele pode ser mais suave em peles maduras e ressecadas. Hoje existem produtos de limpeza que preservam a hidratação cutânea.

O hidratante pode ser usado pela manhã, associada ao filtro solar ou à noite, incorporado nas formulações antienvelhecimento.

Hidratar a pele significa manter a capacidade de proteção da barreira cutânea e portanto manter a saúde da pele.

Dos cuidados básicos da pele, que são limpeza, hidratação e fotoproteção, a hidratação é a mais relevante pois mantém a capacidade de funcionamento das células de todas as camadas da pele.

Cuide de sua pele.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade