Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Denise Steiner Por DERMATOLOGIA A médica Denise Steiner é dermatologista, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia e doutora pela Unicamp

3 ativos potentes para ter uma pele saudável e firme em qualquer idade

A dermatologista Denise Steiner mostra quais são os itens que vão transformar o seu skincare

Por Denise Steiner 12 ago 2021, 14h31

Os principais cuidados diários com a pele são: limpeza, hidratação e fotoproteção. Esses passos garantem que a nossa pele possa funcionar de maneira saudável e mantenha a proteção adequada de barreira cutânea.

Ainda assim, que será que podemos utilizar para que, além desses cuidados, nossa pele possa ter mais estímulos para preservar o viço, a textura e a coloração saudável? Vamos, então, discutir sobre os principais grupos de ativos para ajudar a preservar a juventude da pele e com características de antienvelhecimento.

Nós envelhecemos todos os dias, desde o momento em que nascemos. No entanto, envelhecer em relação à idade não é acompanhado necessariamente de envelhecer nossas células e órgãos. Isso quer dizer que podemos ter 40 anos de idade, mas o nosso organismo ainda estar com 30 anos.

Tal fato acontece porque o envelhecimento é caracterizado por um desgaste e cansaço do organismo, que não é paralelo à idade, mas sim em relação às agressões e estímulos negativos.

Portanto, se cuidarmos e ajudarmos nosso organismo, poderemos permanecer mais jovens que nossa idade cronológica.
Alimentação com comida de verdade, atividade física regular e moderada, sono reparador e diminuição do estresse ajudam muito na manutenção da juventude.

No caso da pele, o que podemos usar além dos cuidados diários?

Ácidos – os ácidos, como ácido retinóico ou ácido glicólico, ajudam a renovar e oxigenar os tecidos. Eles estimulam a troca da pele e também a formação de colágeno. Portanto vale, para a pele, incorporar o uso dos ácidos, de preferência à noite, alternando ou complementando com hidratantes.

Continua após a publicidade

Os ácidos podem irritar e ressecar a pele conforme sua concentração e sensibilidade da pele. Sendo assim, a frequência do uso e a alternância ou associação com hidratantes é fundamental.

Antioxidantes – Outro grupo importante que pode ajudar na qualidade da pele é o de antioxidantes. A principal representante do grupo é a vitamina C, mas temos também vitamina E, resveratrol, ácido lipóico, vitamina A, luteína, coenzima Q10, entre outros.

Esses ativos promovem a antioxidação, neutralizando os efeitos nocivos do sol, da poluição, do cigarro, remédios entre outros.
A vitamina C pode ser incorporada ao hidratante ou até mesmo ao filtro solar.

O produto pode ser uma formulação específica de combinação de antioxidantes, com ação sinérgica, como vitamina C e vitamina E.
Peptídeos – Importante ativos, os peptídeos são aminoácidos e podem ter várias funções na pele, como modulação da inflamação, neuromoduladores e principalmente estímulo de colágeno.

A combinação dos cuidados básicos como limpeza, hidratação e fotoproteção com ativos dessas três categorias: ácidos, antioxidantes e peptídeos irão ajudar muito na qualidade e longevidade da pele.

Cuide-se!

  • Continua após a publicidade
    Publicidade