CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS
Cynthia de Almeida Por Mulher S.A. Coluna da jornalista e estudiosa do comportamento feminino Cynthia de Almeida

Devo deixar de ouvir a opinião alheia?

O melhor conselho que eu posso dar é que você deve ouvir vários

Por Cynthia de Almeida 27 nov 2017, 09h08

Eu gosto de ouvir a opinião de pessoas mais experientes quando vou tomar uma decisão ou uma atitude importante no trabalho. Mas às vezes, confesso, conselhos conflitantes me confundem mais do que ajudam. Devo deixar de ouvir a opinião alheia?

O melhor conselho que eu posso dar é que você deve ouvir vários. De pessoas com olhares, estilos e vivências diferentes.

A primeira dica para tornar o processo mais simples é ajustar o foco da pergunta. Você deve identificar qual é mesmo a sua dúvida para obter respostas objetivas, que, mesmo que apontem para direções opostas, possam ajudá-la a refletir sobre um ponto específico e não sobre toda a sua vida.

Leia mais: Aprender a deixar ir é um poderoso antídoto anti-stress

Um exemplo exagerado: se você está em dúvida se convida ou não um sócio para o seu negócio, é sempre bom ouvir pessoas com diferentes experiências, boas e ruins, em relação à sociedade e entender suas visões a respeito. Mas não abra sua questão a ponto de ouvir que todo o seu plano de empreendimento está errado.

Pode ser que esteja, mas, lembre, essa não é sua dúvida agora. O bom conselho não é aquele que você acata sem pensar, nem o que a paralisa, mas o que ajuda você a pensar. Ter muitas opiniões é bom pra ajudar a formar a sua.

Leia mais: Ter um mentor na carreira é bom; já um sponsor, um privilégio

Continua após a publicidade
Publicidade