SOS frizz: sete mandamentos e três tratamentos para evitar o arrepiado

Escrito por Maria Cecília Prado, diretora do beautyeditor.com.br, especial para CLAUDIA

Os cabeleireiros Didier Sé, Julio Crepaldi, Robson Trindade, Ségio G e Wilson Elidorio dividem seus segredos para deixar o frizz sob controle.

  1. Lave duas vezes, a primeira com um xampu de limpeza suave, a segunda com um xampu sem sal. Só aí finalize com condicionador.
  2. Se o cabelo estiver muito seco, não dispense um leave-in bem emoliente e nutritivo. E nada de ser econômica: você precisa usar produto o bastante para envolver completamente os fios.
  3. Faça a fitagem a seco. Espalhe uma pomada ou creme modelador com textura mais oleosa, como a L’Anza Curl Define Cream, nas palmas das mãos e nos dedos, pegue um cachinho de cada vez e então separe-o em dois ou três feixes mais finos, esticando e soltando rapidamente cada mecha. A técnica é mais indicada para quem tem cachos muito fechados e quer deixá-los sem frizz e também mais soltos.
  4. Se possível, durma em um travesseiro forrado com uma fronha de cetim ou de seda – diminui o atrito e o frizz no dia seguinte.
  5. Outra dica para a hora do sono: prenda o cabelo em um rabo bem frouxo, usando um elástico forrado. É mais uma medida para minimizar o atrito durante o sono.
  6. Já acordou com frizz? Passe uma dose pequena de sérum de finalização, como o Dove Regenerate Serum-in-Oil ou de um finalizador que inclua óleos de tratamento em sua composição, como o Kérastase Elixir Ultime Crème Fine, nas palmas das mãos e dos dedos. Depois, com as mão abertas em formato de garfo, vá soltando delicadamente os cachos. Eles ganham um balanço bonito e o frizz diminui bastante.
  7. Use um óleo de coco, como o Mundo Verde Seleção Óleo de Coco, como tratamento no cabelo seco. Ajuda não só a diminuir o frizz imediatamente como evita que ele apareça no day after – além de deixar os fios, especialmente os mais grossos, muito mais macios.

Sugestões de produtos:

Divulgação Divulgação

Divulgação (/)

Regenerate Serum-in-Oil, Dove, R$ 29,90*, 0800 7077512

Curl Define Cream, ​L’Anza,  R$ 107*, (11) 5188 0088

Elixir Ultime Crème Fine, ​Kérastase, R$ 198*, 0800 7017237

Seleção Óleo de Coco, Mundo Verde, R$ 49,90*, embalagem com 500 ml, tel. 0800 0222528

 

E aqui você conhece três tratamentos em salão que podem ajudar na missão.

 

  1. Olaplex – por enquanto só disponível no Hi Salão (11 2359 9053), traz uma molécula de nome difícil – Bis-Aminopropyl Diglycol Dimaleate – como estrela. Minúscula (é nanoparticularizada), ela penetra no fio e ajuda a reparar as ligações que estão danificadas na estrutura interna do fio. Especialmente indicado para cacheados com muito frizz, que já passaram por processos químicos ou foram muito agredidos por secador e chapinha. A partir de R$ 300 a aplicação.
  2. Infusão Capilar Spa Dios (11  3079 9333, disponível também no endereço do Rio de Janeiro e nos salões com que o Spa Dios faz parceria em Recife, Brasília, Porto Alegre e Belo Horizonte) – aqui, os ativos utilizados são ervas variadas. Els entram em duas etapas, no início e no final da terapia. Primeiro, os fios são preparados com um blend herbal; a seguir, aplica-se um creme à base de colágeno e silício orgânico e, por fim, o cabelo é envolvido com uma toalha quente embebida no mesmo chazinho do bem. O frizz praticamente desaparece após a aplicação. A partir de R$ 380 a aplicação.
  3. Cauterização a Frio Redken (em salões por todo o Brasil, 0800 7017237) – os produtos da linha Friss Dismiss, da marca, são combinados em um ritual que envolve lavagem, aplicação de um concentrado de tratamento (reconstrutor ou hidratante),  corretor de pH, máscara e modelagem com um dos finalizadores antifrizz. Plus: além do frizz ficar controlado, o perfume que fica nos fios é uma delícia. A partir de R$ 220 a aplicação.

 

Texto escrito por Maria Cecília Prado, diretora do www.beautyeditor.com.br

 

* Preços pesquisados dezembro/2015