Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Cleansing oil: quando e como usar o produto que virou queridinho

Conversamos com Marina Cristofani para entender mais sobre o mundo dos óleos de limpeza facial

Por Raíssa Basílio
Atualizado em 1 fev 2023, 10h51 - Publicado em 24 ago 2022, 09h49

Os óleos estão ganhando cada vez mais espaço no mundo do skincare. Se antes eles eram vistos como o vilão, hoje são grandes aliados até mesmo da pele naturalmente oleosa! E um que está dando o que falar é o cleansing oil. O produtinho é um fenômeno no Tiktok e faz a cabeça das internautas principalmente por conta de Marina Cristofani, farmacêutica com pós-graduação em cosmetologia, que viralizou ao começar a dar dicas de cuidados com a pele na rede social.

Com mais de 800 mil seguidores, Marina compartilha sua rotina de skincare, tira as dúvidas dos internautas e sempre tenta deixar bem claro que cada pessoa tem uma pele, e que nem tudo que ela indicar vai funcionar para todo mundo. Entretanto, ela recebe muitos feedbacks positivos e um dos principais é sobre o cleansing oil. Nada mais justo, então, do que conversarmos com ela sobre o queridinho do momento.

A farmacêutica, formada pela Universidade Federal do Paraná, contou sobre os benefícios da limpeza facial com óleo e ainda deu algumas dicas sobre como utilizá-lo. Entenda tudo sobre cleansing oil com Marina Cristofani, ou como ela é apelidada nas redes, Marina Farmacêutica:

O que é cleansing oil?

O cleansing oil é um óleo de limpeza que serve como sabonete, é o cleansing que vem do verbo limpar, do inglês, e oil, que é óleo. É um óleo que tem surfactantes (componentes químicos que ajudam a fazer com que óleo e água se misturem) em sua formulação, que fazem com que o óleo consiga se dissolver na água, pois óleo e água não se misturam”, explica Marina.

O cleansing oil entra como um substituto do sabonete, podendo ser usado para remover maquiagem, o protetor solar e outros resíduos na pele.

Como o cleansing oil funciona?

“Quando você limpa o seu rosto com um óleo de limpeza, ele tem a capacidade de limpar por um mecanismo de arraste, porque o óleo se mistura com seus semelhantes – a oleosidade do seu rosto, protetor solar, maquiagem são todos compostos mais oleosos. A água pura não conseguiria tirar esses elementos do nosso rosto”, conta Marina.

Continua após a publicidade

O cleansing oil vai limpar o rosto de uma maneira mais suave, porque ele vai dissolvendo a maquiagem, protetor solar, poluição e todo esse sebo que fica no nosso rosto ao longo do dia.

Isso significa que eu posso limpar o rosto com qualquer óleo?

“Em teoria sim, só que depois você não iria conseguir tirar esse óleo do seu rosto. A intenção é que seu rosto fique limpo depois, se você passar óleo de coco no rosto ele não vai sair da sua pele com água. Por isso que o cleansing oil tem surfactantes”, explica a especialista.

Por que usar cleansing oil e quais os benefícios?

O cleansing oil faz uma limpeza mais profunda, pode ajudar a diminuir a acne (mas esse resultado varia de pele para pele), é indicado para quem tem dermatite e não consegue usar sabonete por ter maior sensibilidade e, ainda, existem alguns que têm ativos como  ácido hialurônico, auxiliando na hidratação da pele. Mas Marina alerta que isso não quer dizer que substitui o hidratante. 

“Essa é uma opinião bem particular minha, como profissional e usuária. Tem muitas pessoas que não se adaptam, até mesmo dermatologistas. Então eu sempre falo nos meus vídeos que cada pele é uma pele, mas pelo fato de você não precisar dissolver esse sebo, essa maquiagem com produtos muito agressivos, como os sabonetes desincrustantes, o cleansing oil faz uma limpeza mais profunda e mais suave”, explica.

cleansing oil
O cleansing oil pode ser usado diariamente e por todos os tipos de pele. (MART PRODUCTION/Pexels)

“O cleansing oil não resseca e agride tanto a pele, que é formada por células envolvidas em uma camada de gordura. Então, se você coloca produtos com surfactantes muito agressivos eles dissolvem as camadas da nossa célula, o óleo não é capaz de fazer isso”, completa.

Continua após a publicidade

Marina Cristofani conta também que “a gordura é um dos mecanismos de defesa da nossa pele, protegendo a saída de água, quando tiramos esse óleo, perdemos água e por isso fica aquela sensação de repuxado, que nada mais é do que perder água”.

Como usar cleansing oil?

Com a pele seca, aplique o cleansing oil massageando o rosto (a região dos olhos está liberada), e para enxaguar você pode usar água morna. Caso sinta que ainda há resíduos no rosto, você pode fazer a double cleansing (dupla limpeza) que é aplicar um sabonete facial em seguida.

“Se a sua rotina noturna de skincare não tiver ácidos sensibilizantes, aqueles que se você tomar sol após ter usado vão acabar machucando sua pele, eu recomendo usar o cleansing oil à noite. Pois é durante o dia que costumamos usar a maior quantidade de produtos que obstruem os poros, maquiagem, protetor solar (que temos que usar todos os dias e reaplicar). Eu recomendaria começar de noite e ver se você se adaptou, agora se quiser usar novamente pela manhã”.

Lembrando que se você usar ácidos sensibilizantes, é recomendado limpar a pele durante a manhã com um sabonete a pele de óleo ou outro que preferir. Marina ainda indica que o cleansing oil é ótimo para retirar o rímel sem fazer muito esforço e batons bem pigmentados.

Com que frequência usar cleansing oil? 

“Eu considero ele um sabonete a base de óleo, eu uso todos os dias, pois uso protetor solar todos os dias, a melhor forma de tirar resíduos deste produto é o cleasing oil. Eu uso todas as noites”, indica Marina.

Continua após a publicidade

É indicado para todos os tipos de pele?

“Minha pele é oleosa no verão e normal a mista no inverno, eu continuo usando. Pode usar em todos os tipos de pele, mas, obviamente, o fato de uma coisa ser boa para todas as peles não significa que todo mundo pode usar. São coisas diferentes. É muito pessoal e na base do teste. Todo mundo pode sim, usar, mas nem todos vão amar e se adaptar”, explica ela. 

E então, depois desse pequeno guia de cleansing oil, bora testar?

vitrine cleansing oil
Opções de cleansing oil para inserir na sua rotina. (Divulgação/CLAUDIA)

1) Óleo Demaquilante Kollab Leaders Calming Clear Cleansing Oil, na BeautyBox: R$239,90

2) Óleo de Limpeza Hidratante La Roche-Posay Lipikar Cleansing Oil AP+, na BeautyBox: R$122,90

3) Óleo de Limpeza Facial QRxLabs Deep Cleansing, na BeautyBox: R,90

Continua após a publicidade

4) Kit Double Cleansing Botik: Óleo de Limpeza Facial 100ml + Geleia Concentrada de Limpeza Facial, da Boticário: R$71,90

5) Demaquilante Cleansing Oil, Quem Disse, Berenice? : R$61,90

6) Óleo de limpeza facial Clarins Super Cleansing Oil, na Sephora: R$249,00

7) Cleansing Oil Niina Secrets, na Sephora: R$56,00

8) Cleansing Oil CAUDALIE VINOCLEAN, na Sephora: R9,00

Continua após a publicidade

* Os links gerados podem render algum tipo de remuneração para a Editora Abril. Os preços foram consultados na quarta-feira (24) e podem estar sujeitos a alterações.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.