Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

11 ativistas climáticas para você acompanhar nas redes

A crise climática já é uma realidade. Aqui estão algumas das muitas mulheres que lutam pela agenda socioambiental no Brasil

Por Bárbara Poerner
Atualizado em 19 abr 2023, 19h12 - Publicado em 15 abr 2023, 08h00

As mulheres são um dos grupos mais afetados pela crise do clima, mas também as protagonistas de diversas ações e soluções em seus territórios. Nas redes sociais, elas compartilham informações, rotinas, reflexões e muito conteúdo para engajar e qualificar o debate sobre diversos temas, como justiça climática, desmatamento, racismo climático, adaptação, juventude, direitos humanos e mais. Prepare o follow

Marina Marçal

View this post on Instagram

A post shared by Marina Marçal (@marinamarcal)

Ecofeminista negra e advogada, Marina é doutoranda e mestra em Sociologia e Direito, realizou um período como pesquisadora visitante no programa de meio ambiente e energia em Columbia Law School (NY) e é mestra também em relações étnico-raciais. Foi coordenadora de Política Climática no Instituto Clima e Sociedade (iCS) e atualmente é research fellow no Washington Brazil Office. Suas áreas de pesquisa concentram temas como clima, meio ambiente, gênero, relações étnico-raciais e direitos humanos. Obviamente, ela compartilha reflexões e conteúdos sobre esses temas em suas redes.

Camilla Marinho

View this post on Instagram

A post shared by camilla marinho (@camillamarinhom)

Continua após a publicidade

Camilla Marinho é fundadora do Instituto Caburé, que trabalha em prol do desenvolvimento social e ambiental de comunidades tradicionais do nordeste brasileiro. Em seu perfil, a ativista e consultora ESG compartilha vídeos, fotos e insights sobre a valorização das culturas brasileiras, a importância de proteger os biomas costeiros e ainda como ensinar sobre meio-ambiente para as crianças.

Andreia Coutinho

View this post on Instagram

A post shared by Climate Hub | Rio (@cgc.climatehubrio)

A jornalista e pesquisadora Andreia Coutinho é a idealizadora, produtora e coordenadora do estudo Quem precisa de justiça climática no Brasil?, lançado recentemente pelo Grupo de Trabalho Gênero e Clima, da entidade Observatório do Clima. Em seu Instagram, ela compartilha sobre justiça climática e racial e outros assuntos interseccionais, como a transição energética justa.

Continua após a publicidade

Renata Koch Alvarenga

View this post on Instagram

A post shared by Renata Koch Alvarenga (@renatakochalvarenga)

Internacionalista, Renata é fundadora e diretora da EmpoderaClima, organização global baseada no Brasil que aborda as questões de gênero no clima sob a perspectiva do Sul Global. Além disso, ela faz mestrado em Políticas Públicas na Harvard University, com enfoque para políticas de adaptação climática, o que rende alguns compartilhamentos em seu perfil de como é a rotina acadêmica e a agenda internacional das pautas de mudanças climáticas. 

Samela Sateré Mawé

View this post on Instagram

A post shared by Samela Sateré Mawé (@sam_sateremawe)

Continua após a publicidade

Se você entrar no perfil da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) ou do Fridays for Future, é provável que veja Samela por lá. Ativista e comunicadora, ela usa suas redes para falar sobre o protagonismo indígena na defesa da Natureza, e também para reivindicar as demandas dos povos originários. 

Eloisa Artuso

View this post on Instagram

A post shared by Eloisa Artuso (@eloartuso)

Não é segredo que a indústria da moda é uma das mais poluentes do mundo, mas existem mulheres que estão mudando esse cenário. Uma delas é Eloisa, que é professora, ativista e diretora do Instituto Febre, que une gênero e clima na hora de pensar nas mudanças para o setor do vestuário. Em seu Instagram, ela fala sobre os desafios da indústria e reflete sobre as intersecções das mulheres que fazem nossas roupas com a crise climática. 

Continua após a publicidade

Laila Zaid

View this post on Instagram

A post shared by Laila Zaid (@lailazaid)

Laila é comunicadora socioambiental e atriz (talvez você já tenha visto o rosto dela em Malhação). Autora do livro Manual para super-herois: o início da revolução sustentável, ela usa seu perfil para abordar de forma leve e bem humorada, porém nada superficial, temas que envolvem desmatamento, poluição, proteção das águas e lixo zero. 

Paulina Chamorro

View this post on Instagram

A post shared by Vozes do Planeta Podcast (@vozesdoplaneta.podcast)

Continua após a publicidade

Chilena radicada no Brasil, Paulina é uma das pioneiras no jornalismo ambiental. Apresenta o podcast Vozes do Planeta, faz parte da Liga das Mulheres Pelos Oceanos e co-produziu o documentário Mulheres na Conservação, recém lançado. Em seus perfis no Twitter e Instagram, ela compartilha conteúdos sobre meio-ambiente e mudanças climáticas, além de suas viagens pelo país e pelo mundo cobrindo esses temas.

Narubia Werreria

View this post on Instagram

A post shared by INDTINS | Instituto Indígena do Tocantins (@indtins.to)

Narubia é artista e Secretária de Estado dos Povos Originários e Tradicionais do Tocantins – a primeira indígena a ocupar esse cargo no estado. Em seu perfil, ela mostra sua rotina na profissão, aliando os conteúdos com a realidade, demandas e luta dos povos indígenas. 

Jahzara Oná

View this post on Instagram

A post shared by Menos 1 Lixo (@menos1lixo)

Ativista socioambiental, Jahzara faz parte faz parte do Fridays for Future e fala sobre como as mudanças climáticas afetam as periferias do Brasil, linkando o tema com o racismo ambiental e justiça climática. 

Mikaelle Farias

View this post on Instagram

A post shared by ellen monielle (@eco.fada)

Paraibana, Mikaelle busca levar as pautas do nordeste para a agenda climática, inclusive em suas redes sociais. Fez isso nas duas últimas Conferências das Partes (COPs), enquanto ativista de pautas que tangem juventude, raça, mudanças climáticas e transição energética.

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.