Veja como será a nova versão do ‘tijolão’ Nokia 3310

A versão moderna do ~tijolão~ será lançada ainda este ano. Será que vem para o Brasil?

No mês passado, a empresa finlandesa que comprou os direitos da Nokia, a HMD, soltou uma notícia que levou a internet à loucura: o celular mais vendido da história, Nokia 3310, vai ganhar uma releitura inédita em 2017. Com fama de indestrutível e bateria duradoura, o aparelho foi um sucesso estrondoso durante os anos 2000. Mas como será sua nova versão?

Pelo que foi possível constatar na última Mobile World Congress, feira de tecnologia móvel em Barcelona, o tijolão não usou o tempo para “absorver” as configurações dos smartphones de hoje em dia. Pelo contrário: aparentemente, ele continuará sendo o oposto de um smartphone – ou um dumbphone (telefone “burro), como já costumam chamar por aí.

novo nokia 3310

 (Nokia/Reprodução)

Disponível em quatro cores (prata, azul escuro, amarelo e vermelho), o 3310 também terá sua tela de 2,4 polegadas colorida. A principal “atração” do celular, o icônico joguinho Snake II, estará de volta ao aparelho, e também em cores.

O aparelho vai contar com rádio, um tocador de MP3 e uma câmera fotográfica de 2MP – quase nada, se comparado aos smartphones de hoje em dia. Apesar de poder se conectar via bluetooth, ele não terá Wi-Fi e só permitirá o acesso à internet através de WAP. Lembra como era?

O preço estimado para o aparelho será de cerca de 160 reais. O celular será comercializado em 120 países, e não se sabe ainda se o Brasil será um deles. Se ele chegar até nós, pode até pode ser que adotemos o Nokia 3310 para situações como baladas ou bloquinhos de carnaval. Mas será que trocaríamos os aparelhos versáteis de hoje em dia por eles?