Vale a pena trocar de emprego para ganhar menos?

Nossa colunista de carreira, Cynthia de Almeida, alerta: quem faz o que ama, costuma fazer bem, se destacar e... ganhar mais!

Aceitei uma oferta para trabalhar por menos porque achei que o novo trabalho era mais interessante e divertido que o anterior.  Minhas amigas me criticaram mas eu prefiro trabalhar por amor do que por dinheiro. Estou errada?

Depende. O certo mesmo é trabalhar por amor E por dinheiro. As duas coisas não são excludentes. Pelo contrário, no emprego ou negócio certo a paixão pelo que se faz leva à realização em muitos aspectos, inclusive o financeiro. Quem faz o que ama, costuma fazer bem, se destacar e… ganhar mais! Não há, em princípio, nada demais em aceitar ganhar um pouco menos se a remuneração for suficiente para pagar suas contas e significar muito para seu bem estar. Desde que você não perca de vista o futuro e entenda como sua escolha vai impactar sua carreira (para o bem ou para o mal) a médio ou longo prazo.  Se ao topar ganhar menos você tiver que abrir mão da sua autonomia e precisar depender do dinheiro dos pais ou do marido, sugiro pensar duas vezes. É muito alto o custo pessoal de não ser dona do próprio nariz.

Cynthia de Almeida é colunista de CLAUDIA e escreve aqui no site toda terça-feira. Mande sua dúvida de carreira para ela!