Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Top 5 lugares para se visitar em Jerusalém, por Noia Carolina

Designer de joias foi umas das poucas mulheres a trabalhar na na Bolsa de diamantes de Ramat Gan e dá dicas sobre a região

Por Redação M de Mulher Atualizado em 16 jan 2020, 08h09 - Publicado em 30 out 2012, 21h00

O Muro das Lamentações está no roteiro da joealheira
Foto: Reprodução

A designer de joias Noia Carolina trabalha em São Paulo e cria peças masculinas, femininas e infantis. Mergulhada no universo das joias, foi uma das poucas mulheres a trabalhar na Bolsa de diamantes de Ramat Gan. Por lá, aprendeu a escolher as melhores pedras pela cor, corte, brilho e pureza. Com a experiência nessas e outras riquezas do local, ela dá a dica de cinco lugares imperdíveis na cidade sagrada.

Mercado Árabe e Muro das Lamentações: “Ir passear no mercado árabe de Jerusalém, dentro da cidade velha, tomar um suco de romã e rezar no muro das lamentações, colocar bilhetinho com pedidos e agradecimentos, lugar com mais energia que já vi no mundo!”

Balneário de Eilat: “Alugar um carro e ir para Eilat, balneário mais bacana de Israel, tem vários hotéis, praias, restaurantes e uma praia com golfinhos, onde você dá comida e pode nadar com eles, vale a pena.”

Passeio de camelo: “Depois da praia fazer um passeio a camelo pelo deserto, comer o pão árabe que eles preparam na hora no meio do passeio.”

Spa 5 estrelas: “Na volta parar, em um dos hotéis 5 estrelas do mar morto e fazer um tratamento no spa, com lama preta e boiar um pouquinho no mar morto.”

Bolsa de diamante: “Fazer um passeio na bolsa de diamantes de Ramat Gan, a segunda maior do mundo, onde trabalhei por dois anos. Lá é possível comprar diamantes, mas com preço de turista, ainda assim, vale a experiência de estar lá dentro e conhecer.”

Continua após a publicidade
Publicidade