Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Saiba como o skate conquistou meninas do Afeganistão

ONG usa esporte como ferramenta para melhorar a vida de centenas de crianças carentes

Por Gabriela Ruic (colaboradora)
Atualizado em 16 dez 2022, 20h25 - Publicado em 11 fev 2015, 14h20

Um dos países mais pobres e conservadores do mundo é um local improvável de se encontrar meninas andando de skate, certo? Errado. E é exatamente isto que acontece hoje em Kabul, a capital do Afeganistão.

Uma organização não governamental (ONG) chamada Skateistan está usando este esporte como ferramenta para melhorar a vida de centenas de crianças carentes com idades entre 5 e 18 anos.

O surpreendente é que, hoje, dos 700 alunos que participam das atividades promovidas pela entidade, 45% são meninas. Fato que faz com que, de acordo com a entidade, o Afeganistão seja o país que conta com a maior participação feminina neste esporte.

Contudo, conquistar este objetivo em um país no qual as mulheres sequer podem andar de bicicleta não foi uma tarefa exatamente fácil.

Continua após a publicidade

Para tanto, a ONG contou com o apoio da comunidade local, que curiosamente vê o skate como uma atividade adequada para mulheres. Necessitou também se adaptar aos costumes locais. Por esta razão, as alunas recebem treinamento em horários diferentes e a equipe responsável pelas aulas é composta apenas por professoras.

Ainda de acordo com números oferecidos pela ONG, seus alunos pertencem a nove diferentes etnias e 50% deles trabalham nas ruas da cidade para ajudar no orçamento familiar. Além de aulas diárias de skate, recebem ainda refeições, tem aulas de artes e participam de um programa educacional que tem o objetivo de e ajudá-los na retomada dos estudos.

Skateistan

Fundada pelo skatista australiano Oliver Percovich, a ONG sobrevive com doações feitas por pessoas físicas e jurídicas, além de contar ainda com o apoio de governos de todo o mundo. O sucesso atingido no Afeganistão foi tanto que a entidade hoje conta com um segundo local no norte do Afeganistão e uma representação no Camboja.

A ONG produziu um vídeo que mostra imagens emocionantes das meninas skatistas de Kabul. Confira abaixo:

Matéria publicada em EXAME.com

Publicidade

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.