Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Ronda: ‘Meu corpo se desenvolveu para um propósito. Não apenas para ser olhado’

Depois de ganhar sete quilos, a atleta contou que está ainda mais orgulhosa de sua forma física.

Por Alanna Vagianos (colaboradora) - Atualizado em 21 jan 2020, 20h10 - Publicado em 30 jul 2015, 12h17

Lutadores do UFC têm problemas com seus corpos também. Basta perguntar a Ronda Rousey.

Em entrevista publicada Cosmopolitan, Ronda falou sobre estar na capa da Sports Illustrated Swimsuit Issue (a edição em que os atletas aparecem em roupas de praia) e como ela se sente sobre seu corpo.

A campeã invicta do UFC feminino no peso galo e estrela de Hollywood disse ganhou peso para a edição especial da revista porque se sentiu “muito pequena para uma revista em que supostamente se comemora o momento fundamental de uma mulher”.

“Eu queria estar na minha forma mais feminina, e eu não sinto atraente com 135 libras (61 kg), que é o peso que para lutar”, disse Rousey. “Com 150 libras (68 kg), sinto que estou na minha forma mais saudável, forte e mais bonita”.

Kevin Winter/Getty Images
Kevin Winter/Getty Images

Embora seja uma atleta de renome mundial, Ronda diz ter lutado com sua imagem corporal a vida inteira. “Cresci como uma atleta de judô, então, realmente não tenho um corpo feminino convencional”, disse Cosmo. “Cresci pensando que pelo meu tipo de corpo ser incomum [e atlético], ele era ruim”.

“Agora que estou mais velha, realmente começaram a perceber que estou realmente orgulhosa que meu corpo foi desenvolvido para um propósito e não apenas para ser olhado”, disse Rousey.

Falas de uma verdadeira atleta. Mantenha-se assim, Ronda!

Continua após a publicidade
Publicidade