Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Quatro videoclipes para ver sempre, por Guilherme Bryan

Clássicos de todas as épocas para ver e rever a qualquer hora

Por Redação M de Mulher Atualizado em 16 jan 2020, 00h14 - Publicado em 9 Maio 2013, 21h00

Guilherme Bryan é jornalista,  fissurado nos  anos 80 e resolveu transformar seu TCC em um livro chamado ‘Quem tem um sonho não dança’, que fala justamente sobre sua maior paixão. Ele selecionou 4 videoclipes para ver a qualquer hora e relembrar alguns clássicos

1. Ela disse adeus, Paralamas do Sucesso: ” Brincadeira com a linguagem do cinema mudo, com direito a placas de texto e ruídos dos projetores. É estrelado por Fernanda Torres, que mata os três “maridos”, Hebert Vianna, Bi Ribeiro e João Barone, com requintes de crueldade. Direção: Andrucha Waddington, Breno Silveira e Toni Vanzolini.1996″

Quatro videoclipes para ver sempre, por Guilherme Bryan

Os Paralamas do Sucesso
Foto: Reprodução

2.Segue o seco, Marisa Monte “Com fotografia deslumbrante, mostra Marisa em um ambiente marcado pela seca, implorando aos céus para chover. Direção: Claudio Torres e José Henrique Fonseca.1995

Quatro videoclipes para ver sempre, por Guilherme Bryan

Marisa Monte
Foto: Reprodução

3. É uma partida de futebol, Skank: ” Influenciado pela linguagem do clássico cinejornal esportivo Canal 100, mostra a emoção de duas partidas de futebol – uma entre artistas e famosos, e outra é o clássico mineiro Atlético-MG e Cruzeiro. DIreção: Roberto Berliner.1997

Quatro videoclipes para ver sempre, por Guilherme Bryan

Skank
Foto: Reprodução

4.A minha alma, O Rappa: Em imagens em preto e branco, mostra um garotinho de óculos, Gigante, que quer ir para a praia, mas presencia um dos amigos ser assassinado injustamente pela polícia, provocando a revolta dos moradores. Direção: Kátia Lund, paulo Lins, Breno Silveira.2000

Quatro videoclipes para ver sempre, por Guilherme Bryan

O Rappa
Foto: Reprodução

Continua após a publicidade
Publicidade