CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Propaganda de Natal da Perdigão reforça estereótipos raciais e é criticada

A campanha reforça o estereótipo de que pessoas negras são menos favorecidas e precisam da ajuda de brancos.

Por Alice Arnoldi Atualizado em 16 jan 2020, 04h51 - Publicado em 27 nov 2018, 17h33

Na última terça-feira (26), a Perdigão divulgou sua mais nova propaganda de Natal. Ela mostra ao público a ação da empresa para essa data: na compra de um chester, outro é doado para uma família de baixa renda. Porém, a produção está sendo criticada pelo teor racista.

O motivo que levou os internautas a essa conclusão foi o fato de que a marca reforçou o estereótipo de que pessoas negras pertencem a um grupo social menos favorecido que, inclusive, precisa ser ajudado por brancos.

Esse conceito preconceituoso foi estimulado quando a família Silva  a que recebeu a doação – é composta principalmente por negros. Enquanto que a família que teve poder aquisitivo para comprar o produto e, assim, fazer a “boa ação”, é composta majoritariamente por brancos.

Em contrapartida, outros internautas foram a favor da marca. Eles afirmaram que o conteúdo publicitário não é racista e que, na verdade, o importante é a ação de ajudar o próximo.

Veja as reações ao comercial:

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade

Continua após a publicidade
Publicidade