CLIQUE E ASSINE A PARTIR R$ 6,90/MÊS

Um mês para o Natal: como se organizar para não enlouquecer

Festeiras de primeira viagem ou experts no assunto, não importa. O sinal está verde para começar os preparativos para a noite de Natal!

Por Ketlyn Araujo Atualizado em 17 jan 2020, 12h12 - Publicado em 24 nov 2017, 11h12

Quatro semanas separam você da véspera de Natal e, em vez de deixar tudo para a última hora e transformar a comemoração em motivo para surtar, que tal aproveitar esses 30 dias que estão pela frente e definir, desde já, como será sua cerimônia?

Do cardápio aos presentes, passando pela decoração, preparamos, em parceria com a personal organizer Ana Ziccardi, um guia definitivo de preparativos para o Natal que vai transformar você em uma verdadeira Monica Geller das festas de fim de ano. Pronta?

Por onde começar: 30 dias até o Natal

Com um mês de antecedência, é bom assentar os principais detalhes da festa, a começar pelo número de convidados. Ana recomenda que a lista seja feita antes mesmo de escolher o local – só depois de saber quantas pessoas você pretende convidar que o espaço deve ser definido – e não o contrário. A dica aqui é fazer duas listas separadas: uma para os adultos, e outra para crianças, já que isso pode facilitar na hora de montar o cardápio e comprar os presentes.

Este é, também, o momento de descobrir se algum de seus convidados possui qualquer tipo de restrição alimentar, confirmando a informação com certa antecedência – é parte fundamental do seu papel como anfitriã servir bem a todos.

Lista fechada? Então, o  próximo passo é definir o espaço da celebração. Ana explica que o ideal é ter dois convidados por metro quadrado livre, além de lugares para que, no mínimo, 70 por cento deles tenham onde se sentar durante toda a festa. Se vai ser em sua própria casa, em um salão de festas ou na casa de algum amigo ou familiar, você quem decide.

Primeiro, defina quem ficará responsável pelos comes e bebes – financeiramente e no sentido operacional. Uma opção é pedir para que cada um dos convidados leve uma bebida ou prato de comida. Se quiser algo mais elaborado, vale contratar um buffet completo e dividir as despesas igualmente no final da festa.

Agora, se a intenção é contratar serviços externos, considere também esses custos. Seu Natal contará com garçons? Terá um Papai Noel para animar as crianças, ou alguém da família dará conta do recado? E o amigo-secreto? Quem vai participar? Muita calma nessa hora. Comece transformando todas essas perguntas em certezas – e não se esqueça de deixar tudo bem claro no convite.

Hora de pensar na ceia. Se a festa for contar com um grande número de convidados, o melhor é organizar todas as comidas em um aparador ou mesa de jantar, deixar que todos se sirvam à vontade e escolham seus lugares conforme a preferência. Já cerimônias menores, só para a família ou amigos íntimos, combinam com um tradicional jantar à mesa, mais simbólico e aconchegante.

A última etapa dessa primeira fase é o convite. Apesar de toda a praticidade tecnológica que temos hoje em dia, para Ana, o melhor mesmo é ligar para cada um dos convidados, não esquecendo de passar todas as informações sobre a festa. É recomendável, também, que você já escolha uma data limite para que todos confirmem presença: “Se optou por uma festa onde os convidados participarão com pratos e bebidas, avise que, após a confirmação de todos, você entrará em contato para combinar quem faz o que”, completa Ana.

25 dias antes do Natal: menu e presentes

Faltando menos de um mês, é nas comidinhas que você deve focar. Comece fazendo uma lista bem completa – aperitivos, entradas, pratos principais, acompanhamentos e sobremesas devem constar no pacote. Se você for totalmente responsável pela ceia, separe um tempo para preparar a lista de compras dos alimentos e bebidas.

Para um Natal colaborativo, é imprescindível que todos estejam avisados sobre o cardápio e, consequentemente, sobre o que cada um levará. Ah! É bom pedir para que as pessoas levem seus pratos já montados e decorados – isso facilita – e muito – sua vida na hora de servi-los.

Continua após a publicidade

Considere os presentes: se pintou a ideia de fazer amigo secreto, já realize o sorteio e combine os valores. Programe-se para ir às compras com uma lista em mãos – seu tempo livre e seu bolso agradecem. Ana recomenda o período da manhã como melhor horário para bater perna entre shoppings e vitrines, quando as lojas costumam estar mais vazias.

20 dias antes do Natal – fique atenta aos detalhes

Dê uma geral na louça de casa: repare no estado dos seus pratos, copos e talheres e verifique se eles estão em quantidade proporcional ao número de pessoas que você vai receber. No caso de um jantar à americana (com buffet fixo, para que cada um se sirva como preferir), disponibilize bandejas de apoio para os pratos. Pense no décor e nos arranjos de flores, e se você precisará adquirir vasos para eles.

Defina os guardanapos, se descartáveis ou de tecido, escolha as toalhas de mesa e os porta copos – deixe tudo bem caprichado para a celebração. Encha a despensa com os alimentos e bebidas para o dia da festa. Frutas e verduras ficam para a véspera do evento.

É o momento de contratar o Papai Noel se essa for sua escolha e, também, de marcar horário no salão de beleza se isso estiver nos seus planos.

Duas semanas antes do Natal – riscando as pendências!

Ok, a gente sabe que você não conseguiu comprar todos os presentes em um só dia – logo, risque essa pendência da sua lista já. Pense no look completo da festa e defina, dentro do espaço escolhido, onde ficarão a mesa de jantar e o serviço de bebidas.

Cinco dias antes do Natal – tem gelo?

Compre gelo em grande quantidade ou, se não quiser gastar com isso, comece a fazer gelo em casa. Encha as bandejas, coloque-as na geladeira e, quando os cubinhos estiverem prontos, deixe-os em um saco específico para freezer. Ana ensina: “Faça isso três vezes ao dia, durante os próximos cinco dias, e você terá gelo potável suficiente para sua festa”. Você pode, também, já ir colocando as bebidas para gelar – ninguém correrá o risco de beber cerveja quente em pleno verão.

Com três dias de antecedência…

Comece a preparar pratos mais complicados, já tempere os assados e adiante o que for possível para a ceia. Limpe a louça: passe álcool nos talheres de inox e lave os de prata, lave os copos, taças, pratos e tudo o que for usar.

Na antevéspera:

Finalize o preparo dos alimentos. Se for usar flores naturais, compre-as e deixe-as em baldes com água e gelo – elas só serão colocadas na decoração no dia da festa. Arrume o espaço e a mesa principal de acordo com a disposição que você planejou.

Feliz Natal!

Ufa! Agora que o mais pesado já passou, é hora de relaxar. Arrume as flores e tire um tempinho para se arrumar – você merece, né?

Depois, monte os aperitivos e deixe a cozinha no jeito para a hora da comemoração. Não se esqueça do mais importante: aproveitar muito a noite ao lado de pessoas queridas. 

 

 

Continua após a publicidade

Publicidade