Posso manter meu estilo descolado na entrevista de emprego?

Nossa colunista Cynthia de Almeida esclarece se dá para manter a individualidade ou se o look formal é obrigatório

Eu tenho um estilo criativo e descolado de me vestir que meus amigos curtem e elogiam. Devo mantê-lo em uma entrevista de emprego ou fazer uma linha mais basiquinha?

Querida descolada, meu palpite é que você deve ir a uma entrevista de emprego vestida de… você mesma! Mas, veja bem, se o seu jeito criativo é chamativo demais, convém pesquisar o estilo da empresa para a qual você está se candidatando: às vezes, por trás de uma fachada moderninha, a companhia tem valores beeeem tradicionais e valoriza mais a “elegância discreta” do que a categoria originalidade. Procure saber como se vestem (e se comportam) ali as pessoas que ocupam o cargo que você deseja. Se o ambiente for de fato informal, aposte no seu gosto pessoal, mas prefira um look no qual, antes de mais nada, você se sinta muito à vontade. Nada pior do que ter que se preocupar em puxar a saia ou se equilibrar no salto gigante quando o foco deve ser o que você tem a dizer. Se, na sua pesquisa, você descobrir que o dresscode da empresa é do tipo careta ou básico, melhor conter a criatividade. Estudos sobre entrevistas de emprego indicam que o entrevistador (mesmo sem querer ou sem admitir isso) demora apenas 10 segundos para definir sua impressão sobre o candidato e passa o resto do tempo da entrevista buscando inconscientemente confirmar essa primeira impressão. O impacto que você causa nesse primeiríssimo contato é, portanto, fundamental. Boa sorte.

Cynthia de Almeida é nossa colunista de carreira e escreve aqui no site toda terça-feira. tem alguma dúvida? Escreva para ela!