Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Parada do Orgulho LGBT: veja fotos e tudo o que rolou em SP

Só lacre! Anitta, Daniela Mercury e Pabllo Vittar divaram nos trios

Por Fernanda Tsuji - Atualizado em 20 jan 2020, 12h02 - Publicado em 19 jun 2017, 08h13

Junho é o mês em que o mundo todo sai às ruas celebrando a diversidade e a luta por direitos para a população LGBT. Mas vamos ser ~sinceras~ (e bairristas!): a Parada do Orgulho LGBT em São Paulo é a mais incrível! Não tem pra ninguém! Como sempre, a festa na Avenida Paulista foi um lacre só e, sim, continua sendo um dos maiores eventos do mundo. 

Leo Franco/AgNews

Em 2017, a agenda de eventos pré-parada foi bem agitada e contou com a primeira edição do Milkshake, um dos melhores e mais libertários festivais do mundo. E ainda teve a Caminhada Lésbica, os Jogos da Diversidade e a Feira Cultural LGBT, entre outros eventos bacanas, tudo culminando no domingo (18), na 21ª edição da Parada do Orgulho LGBT. Este ano, o tema foi “Estado Laico: Independente de nossas crenças, nenhuma religião é lei!”.

A parada – que rola em São Paulo desde 1997 –  estava enorme este ano, vamos te dizer. Foram 19 trios elétricos em um percurso de quase 3,5 quilômetros. A estimativa é que 3 milhões de pessoas participaram este ano.

>>>Leia mais: Por que não existe uma parada do Orgulho Hétero?

E teve “Paradinha” na Parada! Não foi o show completo da turnê de Anitta, mas os fãs curtiram mesmo assim! Ela foi coroada e recebeu uma homenagem do trio Chá da Alice.

https://www.instagram.com/p/BVfacj-gJPB/?tagged=anitta

View this post on Instagram

Uma honra ser homenageada, coroada e literalmente tratada como rainha hoje na Parada Gay de São Paulo. Sou eternamente grata à todas as alegrias que este público me proporciona na vida. Espero poder sempre usar minha força para levantar a bandeira da liberdade, do respeito e da coragem à todos os cidadãos independente de sua orientação sexual. Ver crianças, famílias e todo tipo de gente se divertindo em massa na paz e na alegria em prol dessa mensagem foi lindo. E a mensagem é essa… Se respeitem, se amem, não se julguem… todos precisam ser incentivados a assumir o que são e não serem punidos de nenhuma forma por isso. Por um mundo sem hipocrisia e consequentemente mais honesto e feliz! Feio é não ter caráter, feio é não ter respeito ao próximo… ser gay não… ser gay é apenas ser humano. Muito obrigada por me proporcionarem tamanha experiência. E quero voltar na próxima pra fazer um show inteiro nesse evento surreal! 🌈 (Foto: Silvia Manoela / JCS Produções)

A post shared by Anitta 🎤 (@anitta) on

Olha só quem também passou por lá:

View this post on Instagram

Tô que tô! 🇧🇷♥️🦋 #diversidade #amor #amor #21paradadoorgulholgbt2017

A post shared by Fernanda Lima (@fernandalimaoficial) on

View this post on Instagram

Básycos do trio #DivinasDivas na #ParadaSP. #ParadaLGBT

A post shared by Leandra Leal (@leandraleal) on

View this post on Instagram

Ao lado de uma das minhas assessoras no gabinete, Noélia Presley, linda e empoderada na #ParadaLGBT 🌈

A post shared by Eduardo Suplicy (@eduardosuplicy) on

E teve apresentação bafo de Pabllo Vittar:

Francisco Cepeda/AgNews

Antes de subir no trio, Daniela Mercury postou um textão lindo. “Vamos amar uns aos outros como nenhuma religião conseguiu!🏳️‍🌈🌈”, pediu a cantora. 

View this post on Instagram

🏳️‍🌈Venha cantar junto ! 🏳️‍🌈A parada LGBT é um ato político cidadão que existe pra confrontar o preconceito com "amor", porque arte é amor. 🏳️‍🌈É uma grande festa que traz alegria e consciência sobre o tema.🏳️‍🌈É uma manifestação de cidadãos que apoiam a liberdade e os direitos iguais pra todos como está escrito em nossa constituição.🌈 E é parte da luta pra acabar com a opressão, a discriminação e a violência contra a população LGBT. Esse ano o tema da parada é : 🏳️‍🌈"Independentemente de nossas crenças, nenhuma religião é Lei!" 🏳️‍🌈Oprimir pessoas usando como argumento os princípios e dogmas de qualquer religião é um absurdo. É um ato de extremo egoísmo, arrogância e desamor. Não combina com o que a maioria das religiões prega. Então, porque temos esse hábito de matar, agredir, oprimir, discriminar, desmerecer, sacanear, excluir, humilhar, separar, desunir, usando frases de nossos livros sagrados e proferindo ódio em vez de amor? 🏳️‍🌈Nesse domingo, que é um dia de descanso para os católicos e outras religiões cristãs, vamos pra rua celebrar a vida e exacerbar nosso direito de ser como somos! 🏳️‍🌈🌈E vamos amar uns aos outros como nenhuma religião conseguiu!🏳️‍🌈🌈 Feliz parada gay! 🏳️‍🌈🌈 Espero vocês na avenida paulista, em frente ao MASP a partir das 14h (em ponto), com música e alegria! 🌈🌈🌈🌈 #omaiortrioelétricodomundo #Skol #paradaLGBT2017 #empoderamentogay #RainhadoAxé #DanielaMercury #SAPA #livreseiguais #freeandequal #ONU #UN

A post shared by Daniela Mercury 👑 (@danielamercury) on

E divou no trio ao lado da mozona Mallu Verçosa, viu?

Continua após a publicidade
Leo Franco/AgNews

Os famosos que não participaram da Parada também fizeram questão de mostrar todo seu apoio à causa:

View this post on Instagram

DOMINGO de muitos amores! ❤️💙💚💛💜💖💝💛💚

A post shared by Veveta (@ivetesangalo) on

View this post on Instagram

#amor #LGBTQ #paradagaysp #paradagay2017 ❤️👊

A post shared by Sabrina Sato 🅱️+ (@sabrinasato) on

View this post on Instagram

Hj é dia de alegria, dia da liberdade, dia de AMOR! Orgulho é Universal. ❤💛💚💙💜

A post shared by Bruno Gagliasso 🐺⚡️🌳🌻 (@brunogagliasso) on

View this post on Instagram

🌈🌈🌈Lição pra vida! 🌈🌈🌈

A post shared by Gaby Amarantos (@gabyamarantos) on

View this post on Instagram

O Brasil é o país que mais mata LGBTs no mundo. Bora geral levantar essa bandeira em SP e no coração? Igualdade e respeito! #paradagaysp

A post shared by Maria Ribeiro (@mariaaribeiro) on

View this post on Instagram

Linda @paulettepinkoficial 💗 O amor não tem orientação sexual, o amor acontece. Por um mundo sem preconceitos. Viva o AMOR, viva a DIFERENÇA! #Repost @paulettepinkoficial ・・・ Nos aceitem !! Liberdade! #21paradadoorgulholgbt

A post shared by Giovanna Ewbank (@gioewbank) on

View this post on Instagram

Muitas fotos lindas nas minhas timelines…. muita…. #robertamalta peguei uma sua, tá?? SP teve estar com umas 3 milhões de pessoas Entre a Paulista e Consolação. Celebramos a diversidade e mais uma vez chamando a atenção para os direitos LGBTx. São 21 anos de parada, estive na primeira, bem pequena no Pacaembú, fui musa de carro e até apresentadora do início dos desfiles quando Serra foi governador…. 2008, acho. Controlei as vaias que vieram alegando que se pedimos respeito, temos tb que respeitar. Mesmo q seja o inimigo político. Hoje não vou mais ( tambem foram anos almoçando no SPot esperando a alegria passar. E tb já levei Meu filho quando bem pequeno. Hoje não vou mais. Não tenho saúde pra tanta muvuca . Mas sigo atenta, firme e forte nessa luta!!!!

A post shared by astridfontenelle (@astridfontenelle) on

 

Continua após a publicidade
Publicidade