Clique e Assine CLAUDIA por R$ 9,90/mês
Continua após publicidade

Pais doam órgãos de bebê morto em atropelamento

Segundo eles, o ato salvará a vida de uma criança e evitará que outros pais passem pela mesma dor que eles

Por Redação CLAUDIA
Atualizado em 27 out 2016, 19h44 - Publicado em 6 set 2016, 13h07

No último domingo, o pequeno Liam, de apenas 1 ano e 3 meses, foi atropelado e não resistiu aos ferimentos. Filho do lutador de MMA  suíço Marcus Kowal, ele estava dentro do carrinho e sendo empurrado pela tia quando uma mulher de 72 anos atravessou a faixa de pedestres e bateu nos dois. Só o menino morreu. A senhora fugiu e foi perseguida por testemunhas que, por fim, conseguiram fazer com que ela parasse e fosse presa. O crime aconteceu na Califórnia, nos Estados Unidos.

Nas redes sociais, o lutador contou que o menino foi levado com vida para o hospital, mas teve morte cerebral decretada. “Doamos os órgãos dele para que uma criança possa ser salva e outros pais não experimentem a mesma dor que passamos agora”, afirmou. “Nossos corações estão partidos e há um vazio na minha alma, mas vamos passar por isso”, completou.

Essa é uma matéria fechada para assinantes.
Se você já é assinante clique aqui para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

Impressa + Digital no App
Impressa + Digital
Impressa + Digital no App

Moda, beleza, autoconhecimento, mais de 11 mil receitas testadas e aprovadas, previsões diárias, semanais e mensais de astrologia!

Receba mensalmente Claudia impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições
digitais e acervos nos aplicativos de Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Superinteressante, Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de 14,90/mês

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.