Pai com câncer terminal grava histórias para filha não esquecê-lo

O que você faria pelos seus filhos se fosse diagnosticada com uma doença terminal? Conheça a história desse pai

Diante da triste realidade de ter recebido um prazo para a vida, o inglês Tom Bradshaw, de 23 anos, decidiu gravar canções de ninar para a sua filha Willow, de 10 meses. Ele foi diagnosticado com um tipo raro de câncer neuroendócrino em março, um tumor que ataca o cérebro e várias partes do organismo.

Mas ao saber do estado terminal, Tom também decidiu oficializar o seu relacionamento com a namorada Chelsea, com quem está junto há oito anos. O casamento está marcado para outubro. Quanto ao tempo de vida que lhe resta, ele não revela. Diz apenas que não assistirá as olimpíadas de 2018.

Reprodução Reprodução

Reprodução (/)

Ele ainda diz que teria maiores chances de sobrevivência se tivesse descoberto a doença com antecedência. “Há dois anos eu fui a um clínico geral reclamando de refluxo toda vez que eu bebia álcool ou fazia algum exercício físico”, conta. “Os médicos acreditavam que eu tinha problema de refluxo e me receitaram remédios para amenizá-lo”, completa.

Tom já realizou sessões de quimioterapia, mas o tratamento parou de fazer efeito. Sem outra alternativa para amenizar o câncer, agora só resta esperar. “Eu quero conscientizar as pessoas. Se você tiver algum sintoma preocupante, vá ao médico”, concluiu ao jornal ‘The Daily Mail’.