Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Mulher critica decoração machista de restaurante e é ameaçada por proprietário

Crítica de Leka Peres à decoração do restaurante The Dog Haus termina em barraco machista no Facebook

Por Ligia Helena - Atualizado em 21 jan 2020, 17h13 - Publicado em 5 nov 2015, 08h40

Ela só queria comer um hot dog no restaurante The Dog Haus, em São Paulo. Chegando à lanchonete, a jornalista Leka Peres se deparou com duas placas com mensagens sexistas. Comeu o sanduíche, que, aliás, achou muito bom. Mas não quis ficar calada e expôs seu incômodo com a decoração:

O The Dog Haus tem o melhor hot dog de São Paulo e o atendimento é incrível. Mas eles acham que machismo é piada, apesar…

Posted by Leka Peres on Sábado, 31 de outubro de 2015

A placa em inglês diz: “Rapazes: sem camisa, sem atendimento | Garotas: sem camisa, bebidas grátis”

A crítica à decoração (mesmo com elogios à comida e ao atendimento) foi o que bastou para deixar um dos proprietários da lanchonete irritado. E a resposta foi atravessada: “The Dog Haus Caramba Qt gente infeliz nesse mundo, isso é decoracao bando de babaca , aqui repaeotos a todos , ficou ofendido??? Come HotDog em outro pico”

Continua após a publicidade

Leka decidiu então compartilhar a resposta ofensiva da lanchonete. E o que aconteceu foi que um dos proprietários, Shemuel Shoel, decidiu levar a discussão para outro nível, chamando Leka de “palhaça de circo”, “putinha de quinta” e “sapatão do car*lho”, e a ameaçou dizendo que “qualquer dia você vai se arrepender”. 

Semana passada fiz um post sobre duas placas da decoração do The Dog Haus falando como eram machistas. Em nenhum momento…

Posted by Leka Peres on Quarta, 4 de novembro de 2015

Segundo Leka, ela vai procurar a justiça para denunciar Shemuel pelas ameaças e ofensas.  

 

Publicidade