Livro de Hilda Hilst é o mais vendido da FLIP. Veja lista dos top 10

Atrás de boas leituras? Confira esta lista antes de entrar na livraria!

A consagrada Festa Literária Internacional de Paraty, no Rio de Jairo, encerrou hoje. Mas ainda dá para se sentir pertinho do evento com os livros comentados durante o evento e reflexões que os debates deixam no ar.

A organização da FLIP divulgou há pouco a lista dos dez livros mais vendidos durante o evento, que durou 5 dias. O primeiro da lista é a obra de Hilda Hilst, homenageada do ano, e tema da mesa de encerramento de hoje. O livro de poesia  “Júbilo, memória, noviciado e paixão” (Companhia das Letras), foi lançado em junho deste ano. Além deste, outras duas obras da autora estão na lista.

O segundo lugar ficou para Djamila, com o livro “O que é lugar de fala”. Confira a lista completa das dez obras mais vendidas:

  1. “Júbilo, memória, noviciado e paixão” (Companhia das Letras) – Hilda Hilst
  2. “O que é lugar de fala?” (Letramento) – Djamila Ribeiro
  3. “Quem tem medo do feminismo negro?” (Companhia das Letras) – Djamila Ribeiro
  4. “Canção de ninar” (Tusquets) – Leïla Slimani
  5. “O sol na cabeça” (Companhia das Letras) – Geovani Martins
  6. “De amor tenho vivido – 50 poemas” (Companhia das Letras) – Hilda Hilst
  7. “Poesia que transforma” (Sextante) – Bráulio Bessa
  8. “Era uma vez uma mulher que tentou matar o bebê da vizinha – Histórias e contos de fadas assustadores” (Companhia das Letrras) – Liudmila Petruchévskaia
  9. “Memórias de porco-espinho” (Malê) – Alain Mabanckou
  10. “Pornô chic” (Casa Europa) – Hilda Hilst