Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Jovem com deficiência visual se emociona ao escolher vestido de noiva

"Mesmo sem poder enxergá-lo, eu sabia que era o escolhido", disse a australiana Stephanie Agnew, ao se deparar com o vestido dos sonhos.

Por Ketlyn Araujo Atualizado em 16 jan 2020, 15h52 - Publicado em 7 abr 2018, 18h49

Stephanie Agnew é uma jovem australiana que, prestes a se casar, tinha como sonho encontrar o vestido de noiva perfeito. Acontece que, para ela, a tarefa não seria das mais simples, já que a moça possui uma condição chamada “Distrofia de Cones e Bastonetes“, ou CRD, responsável por fazê-la perder a visão desde que tinha 27 anos de idade (hoje, ela tem 31). Assim como Stephanie, sua mãe e mais dois de seus três irmãos também sofrem com o problema.

Mesmo assim, Stephanie fez questão de ir pessoalmente em busca do vestido ideal, e levou, além da família (a mãe, o pai e um dos irmãos), a melhor amiga e o fotógrafo James Day às compras, para ajudá-la na missão casamento.

Jovem com deficiência visual se emociona ao escolher vestido de noiva
James Day Photography/Daily Mail/Reprodução

Em entrevista ao site Daily Mail, ela explicou os motivos que a fizeram convidar tanta gente para compartilhar o momento da escolha. Primeiro, Stephanie tinha a intenção de fazer algumas fotos profissionais, para registrar sua jornada e mostrar para a sua melhor amiga, através de uma perspectiva diferente, como é sua vida.

Além disso, ela queria deixar esses instantes eternizados para que, se um dia a medicina avançar e ela voltar a enxergar, possa ver, pelas imagens, como foi esse momento especial.

Jovem com deficiência visual se emociona ao escolher vestido de noiva

No fim das contas, Stephanie, que a princípio estava um pouco nervosa, não só foi até a loja, como também experimentou 18 vestidos diferentes, até eleger o seu preferido. Enquanto sua mãe sentia o tecido com as mãos e dava sua opinião, as lojistas ajudavam a futura noiva, descrevendo cada detalhe das peças.

“Eu estava muito nervosa e ansiosa, com medo de ter um colapso na loja, porque [escolher o vestido de noiva] é um grande momento para uma mulher e eu não queria me olhar no espelho e não poder ver o vestido”, disse a jovem, em tradução livre, também ao Daily Mail.

Jovem com deficiência visual se emociona ao escolher vestido de noiva
James Day Photography/Daily Mail/Reprodução

No fim das contas, deu tudo certo e Stephanie conseguiu eleger seu modelito para o casamento, sem maiores problemas:

Continua após a publicidade

“Foi ótimo ter a sensação de tocar e sentir [a peça] enquanto toda aquela descrição era feita, foi uma experiência incrível (…) Mesmo sem poder enxergá-lo, eu sabia que aquele era o [vestido] escolhido. Tive calafrios imediatamente, junto com aquela sensação que todas as noivas descrevem ao encontrá-lo (…) Mal posso esperar para que o [marid] Rob o veja”, disse ela.

O fotógrafo James Day, que conhece a noiva desde 2008, e foi o escolhido para fotografar sua cerimônia de casamento, em novembro deste ano, também compartilhou um relato minucioso em seu site pessoal, contando como foi a experiência para ele, como profissional.

“Nós tiramos fotos para lembrar de momentos, mas essa jornada me fez pensar sobre como a fotografia pode ser experimentada mesmo quando não é vista”, escreveu James.

Jovem com deficiência visual se emociona ao escolher vestido de noiva
James Day Photography/Divulgação

“A mãe de Steph descreveu maravilhosamente como era cada vestido. Enquanto eu a ouvia fazer as descrições, percebi que ela era capaz de ver coisas que eu não conseguia. Seus sentidos de toque estavam tão intensos que ela foi capaz de descrever coisas que os meu olhos não podiam ver”, falou o fotógrafo, emocionado.

 

Para ver mais fotos de Stephanie e sua escolha como noiva, além do relato completo do fotógrafo James Day, é só acessar sua página.

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade