Filial brasileira do Twitter determina licença-paternidade de 20 semanas para seus funcionários

Ação permite que os pais possuam o direito de se afastarem do trabalho pelo mesmo período de tempo destinado às mulheres que acabaram de dar à luz

A filial brasileira da rede social Twitter divulgou, nesta última segunda-feira (4), que a empresa passará a adotar a licença-paternidade de 20 semanas para seus colaboradores – isto é, os papais terão direito ao mesmo período destinado às mães para cuidarem de seus pequenos. Essa é uma das modificações propostas aos funcionários com o objetivo de proporcioná-los uma melhor qualidade de vida. 

Veja também: Dilma sanciona lei que amplia de 5 para 20 dias licença-paternidade.

A medida também é válida em casos de adoção e também pode ser considerada um grande passo da corporação em direção à equidade de gênero. O projeto foi colocado em prática primeiramente na sede da companhia, localizada no município americano de São Francisco, na Califórnia, em maio deste ano. Agora passou a valer para as filiais de São Paulo e Rio de Janeiro. 

Leia mais: “Espero que você entenda que a mamãe precisa tocar a vida”, diz Glória Vanique em depoimento emocionante.

Mariabrisa Olivares, Diretora de Recursos Humanos do Twitter para a América Latina, pontuou como essas pequenas iniciativas podem ser verdadeiramente revolucionárias na divisão de tarefas do ambiente familiar com a chegada de um filho: “Isso facilita a priorização da família neste momento importante e a participação igualitária de pais e mães na vida dos filhos, colaborando também para a reintegração das mulheres no retorno ao trabalho e para sua carreira no futuro.”

Veja também: Quando os homens vão entender o real significado de divisão de tarefas?​

Além de provar a importância do engajamento – mesmo que corporativo – pela luta contra os papéis de gênero extremamente nocivos para a carreira das mulheres que acabaram de dar à luz, o Twitter, que já está há 3 anos em operação no Brasil, também disponibiliza às mães colaboradoras um ambiente exclusivo dedicado à amamentação e extração de leite materno e reembolsa todos os gastos referentes ao envio deste, caso as mães estejam em uma viagem à trabalho no período de lactação. 

Leia mais: Ensaio mostra rotina de pais que tiraram licença-paternidade de um ano. 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s