Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Fazer xixi em pé realmente dá certo? Testamos o condutor urinário

Lançado recentemente no Brasil, ele promete ser a nossa salvação nos banheiros públicos - e a gente resolveu ver se funciona de verdade.

Por Júlia Warken Atualizado em 16 jan 2020, 11h25 - Publicado em 18 jul 2018, 17h56

Já faz algum tempo que os condutores urinários surgiram no exterior e até é possível adquirí-los através de alguns sites gringos. Também existem tutoriais de como fazer o seu em casa, usando materiais como garrafa pet, por exemplo. A trend ainda não se popularizou por aqui, mas vamos combinar: toda mulher sabe que usar banheiros públicos pode ser um pesadelo e faz todo o sentido ter uma ajudinha nessas horas.

Recentemente, foi lançado o primeiro condutor made in Brazil, o Uriny da Fleurity – aquela marca que também faz coletor menstrual. Mas será que funciona mesmo? Fiz o teste para saber.

Condutor urinário: o que é e como usar

Ao contrário de alguns condutores vendidos no exterior, esse não é descartável – o que para mim é algo bem positivo. Ele é feito de um material emborrachado e, segundo o fabricante, tem garantia de um ano. Quanto ao formato, o cone é basicamente um funil anatômico, feito para ser encaixado na virilha.

O encaixe é totalmente externo, você apenas deixa ele rente à pele, por cima dos grande lábios e não entre eles. É bem intuitivo, mas bate aquele medinho de vazar, lógico. E é fácil perder esse medo: basta usá-lo em casa algumas vezes para encarar os banheiros públicos depois. Foi o que eu fiz e deu super certo.

De início é bem estranho, porque a gente não está acostumada com o gestual, mas depois é bem tranquilo. Um truquinho que desenvolvi com o uso é o de ter o papel higiênico na mão antes de de começar a fazer xixi. Assim, quando você desencaixar o coletor, não vai precisar fazer aquela ginástica básica para pegar o papel ao mesmo tempo em que tenta garantir que nenhum pingo de xixi caia na calcinha.

Fleurity/Divulgação

E vale a pena comprar?

Eu recomendo, com certeza. Se você costuma frequentar baladas, festivais de música, festas de rua, rodoviárias e afins, o condutor é uma baita mão na roda. Cheguei a testar ele depois de ter tomado alguns drinks e foi tudo bem tranquilo. Como eu disse, o ideal é usá-lo em casa – e sóbria – antes, para ir pegando o jeito. Depois é só alegria.

E é bem fácil de carregar na bolsa, pois o cone é dobrável e vem com um saquinho impermeável. Dobradinho e dentro do saco ele ocupa menos espaço do que um absorvente.

Quanto à limpeza, o fabricante recomenda que o condutor seja higienizado após cada uso e dá algumas dicas para que isso seja feito. O ideal é enxaguar com água e sabão neutro, mas, quando isso não é possível, não há problema em simplesmente secá-lo com papel higiênico ou limpá-lo apenas com água, lenço umedecido ou álcool gel. Lembrando que, ao chegar em casa, o ideal é que ele seja higienizado da maneira correta.

O Uriny pode ser comprado online e custa 39,90 reais. 

Continua após a publicidade
Publicidade