Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Essa garotinha de apenas 5 anos salvou a avó cega de um incêndio

Cloe havia aprendido na escola os procedimentos corretos para agir em casos assim

Por Redação CLAUDIA Atualizado em 28 out 2016, 21h36 - Publicado em 23 fev 2016, 16h30

Quando um alarme de incêndio tocou às 6h da manhã, Cloe Woods entrou em ação. A menina de 5 anos de idade, pulou da cama , abriu a porta de seu quarto e não viu nada além de fumaça. 

Lembrando o que aprendeu em um passeio da escola ao corpo de bombeiros local, em Louisiana, ela foi até o quarto ao lado para acordar a avó, Claudia Arceneaux, de 76 anos. A senhora havia se mudado há pouco tempo, cerca de 9 meses, depois de perder a visão devido a uma acidente vascular cerebral.

Pegou também seu cão, Koco, e pediu que a avó segurasse em seu ombro para que chegassem ao exterior da casa com segurança. Tanto ela fez com que seu animal de estimação e sua avó estavam a salvo fora antes de correr de porta em porta na vizinhança New Orleans suburbana procurando água, pensando que ela seria capaz de apagar o fogo a si mesma.

Shone Arceneaux, a mãe de Cloe, estava dirigindo para casa, quando avistou sua mãe do lado de fora vestindo uma camisola. “Chegando mais perto, percebi nossa casa estava em chamas”, disse ao TODAY.com.

Os vizinhos levaram cobertores para aquecê-las enquanto os bombeiros apagavam o fogo. Ainda não se sabe a causa exata, mas as chamas teriam começado por algum problema no fogão da residência.

Agora, a família está em um hotel até que a casa seja restaurada. Enquanto isso, na escola de Cloe, os funcionários e amigos estão arrecadando fundos para a recuperação dos bens. “Se não fosse pela atenção de Cloe em seu passeio de campo, quem sabe o que poderia ter acontecido?”, questionou Shone. “Eu não poderia estar mais orgulhosa dela”.

Continua após a publicidade
Publicidade