Clique e assine com até 75% de desconto

Empresas com mulheres na diretoria têm melhor desempenho, revela pesquisa

Estudo realizado pela consultoria Grant Thornton International ouviu diferentes companhias no Reino Unido, nos EUA e na Índia

Por Redação CLAUDIA Atualizado em 26 out 2016, 11h05 - Publicado em 2 out 2015, 14h04

É fato: no Brasil e no mundo, é inquestionável o avanço profissional das mulheres no mercado de trabalho. Elas já são, inclusive, maioria entre a população com diploma universitário. Mas, um olhar mais atento ao que se passa dentro das empresas, mostra uma realidade ainda muito desigual: poucas delas ocupam cargos de diretoria.

O que talvez as empresas ainda não sabem é que é possível alcançar desempenho melhor quando há uma ou mais mulheres entre seus principais executivos. Foi isso que constatou a pesquisa “Mulheres nos negócios: o valor da diversidade”, realizada pela consultoria Grant Thornton International.

No total, 50 corporações nos EUA, Índia e Reino Unido foram analisadas. 94% dessas companhias contavam com pelo menos uma mulher em seu conselho. E apenas 13% tem uma mulher entre seus executivos. O percentual maior está na Índia, com 22% e o menor nos EUA, com 7%. Os resultados apontaram que as empresas de capital aberto com apenas diretores homens perderam o equivalente a cerca de R$ 2,6 trilhões de retorno de investimento no último ano.

Publicidade