Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

O que é e como realizar um Elopement Wedding?

Alternativa funciona para casais que não querem gastar muito e, de quebra, podem aproveitar um destino paradisíaco a dois.

Por Ketlyn Araujo - Atualizado em 16 jan 2020, 13h39 - Publicado em 27 Maio 2018, 11h30

Já pensou em se casar no cenário dos sonhos, de maneira intimista e gastando bem menos do que em um casamento tradicional? Pois saiba que essa é a proposta do Elopement Wedding, ou “casamento a dois”, que há alguns anos vem conquistando diferentes tipos de casais do mundo todo – a gente já conta por quê.

O termo, em inglês, não possui tradução ao pé da letra, mas remete à ideia de “fugir e nunca mais voltar ao seu ponto de origem”. Assim, descreve casamentos que aconteciam de maneira repentina, ou até mesmo em segredo. Como explica Val Lima, cerimonialista e produtora de eventos da HV7 Cerimonial, o Elopement Wedding tem origem lá no século XVIII, e a princípio era uma expressão usada para classificar casamentos desaprovados pelas famílias tradicionais, que ocasionavam a fuga dos noivos de seu local de origem, com o propósito do matrimônio. Os anos foram passando e a ideia ganhou novos significados sendo que, hoje em dia, é usada como forma popular de definir cerimônias exclusivas para o casal, sem a presença de outros convidados.

Leia Mais: 14 praias brasileiras mais lindas que o Caribe para se casar

Para entender melhor o conceito ou até mesmo decidir de vez pela cerimônia, Val LimaFernanda Sarkiss, consultora e especialista em casamentos da SENSES Cancun e Betta Lima, assessora de casamentos da Betta Lima Eventos, contam TUDO o que você precisa saber sobre Elopement Wedding.

Continua após a publicidade
O que é Elopement Wedding?
beachstyleweddings/Instagram/Reprodução

Foi feito para quem?

O Elopement Wedding é como se fosse uma mistura entre o mini wedding (festa para poucos convidados) e o chamado destination wedding (quando o casal decide celebrar a união em outra cidade ou país). Dessa forma, é indicado para aqueles que desejam trocar alianças em locais paradisíacos, de maneira romântica e bastante íntima – com a possibilidade de já aproveitar o cenário para desfrutar da lua de mel. A modalidade é, também, uma ótima ideia para casais que já se casaram e querem renovar os votos de um jeito criativo e memorável.

O que é Elopement Wedding?
beachstyleweddings/Instagram/Reprodução

Betta Lima explica que, como a maioria dos casamentos realizados no exterior não são válidos (legalmente) no Brasil, é necessário que o casal realize, também, o casamento civil, ou pelo menos viva em uma união estável. Ao optar pelo Elopement, vale lembrar que, junto com os noivos (as), recomenda-se a presença de uma pessoa para celebrar o casamento e fazer a leitura dos votos. Por fim, se possível, o ideal é que um profissional de fotografia ou aquele amigo fotógrafo os acompanhe na viagem, para clicar os melhores momentos de vocês.

Quais os destinos mais pedidos?

Para Fernanda, Cancún, no México, é uma boa pedida por ter belas paisagens naturais e se destacar em infraestrutura. Ainda na rota internacional, interessam locais como as Ilhas Maldivas (na Ásia), Ilhas Fiji (Oceania), Tailândia (Ásia), Punta Cana (República Dominicana) e a região da Toscana, na Itália.

Já no Brasil, os locais de praia costumam fazer os corações dos casais baterem mais forte. Pense em lugares como a Ponta dos Ganchos, em Florianópolis, o arquipélago de Fernando de Noronha (PE) e Trancoso, na Bahia.

Continua após a publicidade

Por que vale a pena?

Além dos fatores romantismo, experiência única em um local requisitado e lua de mel garantida, a principal vantagem do Elopement Wedding é a economia de gastos. Por não precisar de muita infraestrutura para ser realizado, e nem contar com outros convidados no planejamento (ou seja, além de tudo vocês não vão precisar arcar com comes e bebes), permite que o casal usufrua do destino como preferir, inclusive fazendo turismo.

O que é Elopement Wedding?
beachstyleweddings/Instagram/Reprodução

“Casar no Brasil, fazer uma festa para mais de 200 convidados, por exemplo, tem um custo muito alto. Temos visto que muitos casais jovens querem fugir do tradicional casamento na igreja, então essa é uma opção bastante atrativa para se ter um casamento cheio de histórias para contar, fotos lindas e também muito romântico”, opina Betta.

Afinal, quanto custa um Elopement Wedding?

A resposta para essa pergunta é relativa, já que envolve os mesmos gastos que o casal teria com uma viagem de férias, por exemplo. Aí, deve-se pensar em passagens, tempo que vocês vão passar naquela cidade, hospedagem, alimentação, vestido de noiva (se for o caso)… Val acredita que, com R$ 30 mil, em média, é possível fazer um Elopement Wedding que atenda às necessidades dos pombinhos. Já Betta explica que, com o auxílio de uma assessoria de casamentos, que trata diretamente com os fornecedores, esses valores podem baixar bastante. Para um casamento em Cancún, por exemplo, Fernanda assume que existem pacotes de cerimônias no estilo Elopement a partir de 449 dólares (em torno de R$1640).

Planejamento

Um Elopement Wedding deve ser organizado com três a cinco meses de antecedência da data da viagem – assim, o casal terá tempo suficiente para definir hospedagem e passagens, entre outras coisas. Já se o desejo é de que a cerimônia seja realizada em alguma data, horário e locais muito específicos, o ideal é que o casamento seja planejado durante um ano todo – sempre checando a disponibilidade dos estabelecimentos e fazendo as reservas necessárias. Para cerimônias mais repentinas, com o auxílio de empresas especializadas é possível organizar tudo em pouquíssimo tempo (cerca de 15 dias). Ah! Antes de mais nada, checar os passaportes é essencial.

Continua após a publicidade
O que é Elopement Wedding?
beachstyleweddings/Instagram/Reprodução

Val recomenda que a escolha da data do casamento seja feita com muita cautela, pensando em possíveis imprevistos, como mudanças de temperatura e interferências na privacidade do casal: “A previsão do tempo em países de clima tropical não é uma tarefa fácil, visto que as estações do ano são instáveis. Porém, por se tratar de um evento outdoor, deve-se evitar épocas em que, naturalmente, há maior índice de chuvas. Pesquise bem como é o clima da cidade em que será realizada a cerimônia. A privacidade do Elopement Wedding é o grande diferencial, logo é recomendado evitar épocas de altas temporadas, como dezembro, janeiro, fevereiro e julho”, sugere.

Fernanda aconselha, ainda, a contratação de uma agência especializada em eventos desse tipo, como forma de facilitar todo o planejamento do casamento, além de garantir segurança e praticidade para o casal.

Agora é só arrumar as malas!

Publicidade