Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Crianças leem para cães que sofreram maus tratos e a melhora é visível!

O projeto faz parte de uma reabilitação para que os animais consigam ser adotados com menos traumas.

Por Fernanda Tsuji Atualizado em 15 jan 2020, 22h42 - Publicado em 9 mar 2019, 10h03

A ideia por si só já merecia um prêmio: um centro de adoção para cães no Missouri, Estados Unidos, resolveu colocar crianças para lerem histórias para cães que sofreram maus tratos. Desta maneira, ambos saem ganhando. Os cães voltam a confiar em humanos e as crianças aprendem a se relacionar de maneira saudável com os animais.

View this post on Instagram

TGIF! Friday at HSMO means story time for shelter pets, wagging tails, and curious kittens. Come visit us this weekend!

A post shared by Humane Society of Missouri (@hsmopets) on

O Shelter Buddies Reading Program funciona assim: os pequenos de 6 a 15 anos passam por um treinamento de 10 horas no Humane Society of Missouri, que auxilia em como eles devem se portar corretamente com os animais fragilizados. Isso ajuda a detectar através da linguagem corporal dos animais, se eles estão estressados ou com medo.

View this post on Instagram

#KindKids just love coming to read to the shelter dogs! #communityserviceforkids #futureanimaladvocates #volunteer

A post shared by Humane Society of Missouri (@hsmopets) on

Continua após a publicidade

Depois, com a supervisão de um adulto ou responsável, as crianças sentam na frente dos cãezinhos e contam histórias. Elas podem levar seu livro preferido ou escolher um dos 100 títulos disponíveis no Centro.

View this post on Instagram

Summer Saturday reading session 😍😭💖 #shelterbuddies #summerreading #thingswelove

A post shared by Humane Society of Missouri (@hsmopets) on

Essa “reabilitação” ajuda a trazer conforto e faz com que os animais se sintam menos estressados. Assim eles voltam a ter confiança nas pessoas e podem ser encaminhados novamente pra adoção.

Já os pequenos, passam a entender que somos responsáveis pelo bem estar dos bichinhos que escolhemos ter como pets.

Continua após a publicidade
Publicidade