Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Conheça a história da mulher que encontrou sua mãe biológica após procurar por 15 anos

Elas trabalharam lado a lado por dois anos e nenhuma das duas imaginava que eram mãe e filha

Por Redação CLAUDIA - Atualizado em 28 out 2016, 00h32 - Publicado em 4 mar 2016, 13h58

Jenny Thomas,  de 40 anos, mora em Rochester, Nova York. Jenny acreditava ter sido adotada pelos últimos 36 anos e estava à procura de sua mãe há quinze anos, mas nunca tinha conseguido encontrá-la. 

Tudo o que sabia era que sua mãe vivia na mesma cidade que ela. Quando leu sobre o programa de TV do canal americano TLC, Long Lost Family, Thomas decidiu se candidatar para conseguir realizar seu sonho. O novo programa promove o reencontro entre pessoas adotadas e seus pais biológicos, através de testes de DNA e pesquisas de dados públicos e então exibem o momento emocionante na TV. 

Como pode ser visto no vídeo em inglês abaixo da primeira temporada, o apresentador entrega uma foto a Thomas de sua mãe biológica, Nita Valdez, e a surpresa é imediata: “Meu Deus! Eu a conheço!”

Acabou que Thomas e sua mãe trabalharam juntas no hospital Rochester por dois anos e nenhuma das duas tinha a menor ideia de que possuíam qualquer tipo de ligação. Thomas trabalhava cuidando dos pacientes e Valdez os transportava. As duas se viam diariamente enquanto os pacientes eram levados para a terapia.

Continua após a publicidade

“Ela era muito quieta. Já eu sou bastante extrovertida e engraçada, então ela ria muito das minhas piadas. Nós nunca ultrapassamos a relação profissional de forma alguma.” Disse Thomas ao NY Post.

 

 

Publicidade