Como sobreviver a um churrasco sendo vegetariano

Seu círculo de amigos não precisa mudar quando você decide ter uma alimentação baseada em vegetais. E não, não precisa apelar pro churrrasco de melancia...

Quando a gente se torna vegetariano é preciso construir uma espécie de FAQ (Frequently Asked Questions) para levar embaixo do braço. Respostas sobre proteínas, B12, cálcio, ferro, motivações, pecuária e ambientalismo precisam estar na ponta da língua para as inúmeras vezes em que seremos perguntados sobre estes temas. O bom é que depois que você responde alguma delas para os amigos o caso fica resolvido e normalmente elas não voltam à tona.

Amigo que é amigo respeita a nossa opção e aprende a conviver com ela. E isso vale para os dois lados, tanto o carnista quanto o vegetariano. Esse lado da boa convivência e respeito mútuo aparece principalmente nos eventos sociais, mais ainda se for um churrasco.

Como convidar um vegetariano para um churrasco? E como eu, vegetariano, posso sobreviver a um churrasco?

É simples. Não exclua seu amigo veggie dos seus churras, nem você, veggie, deixe de frequentar as reuniões da galera porque não sabe o que comer (a não ser claro que você não consiga ver carne, não admita este consumo ou enjoe com o cheiro).

Eu tenho táticas bem eficientes para não perder os eventos sociais de quem eu gosto e não aderiu à minha causa. O passo principal é: leve comida boa para você e para o resto do pessoal também.

Uma das maneiras mais fáceis de conquistar alguém é pelo estômago e que tal mostrar para os seus amigos que a sua comida é super saborosa também? Você come bastante e eles também aprendem que nem só de carne se constrói uma alimentação.

Alguns dos pratos que costumo levar:

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Espetinhos

Se você não se importar de dividir a churrasqueira com o assador é possível fazer uns espetinhos super deliciosos. Use espetinhos de madeira e monte com tomate, cebola, pimentão e cogumelos de sua preferência. Corte os legumes e vá espetando na ordem que preferir.

Se você gosta, tofu bem firme (o defumado é ótimo nesses casos), abobrinha e proteína de soja grande também são boas opções. Há ainda algumas linguiças e nuggets de soja que são vendidos em lojas especializadas que podem ser usados. Só não esqueça de temperar o espetinho antes de assar.

Quem come queijo, pode ainda recorrer aos mais conhecidos espetos de queijo coalho vendidos no mercado.

+ veja mais receitas de espetinhos variados

Arquivo Pessoal Arquivo Pessoal

Arquivo Pessoal (/)

Farofa
Aqui vale a receita que você quiser. Quer coisa mais brasileira e saborosa que uma boa farofa? Na última que fiz refoguei cenoura e beterraba raladas, cebola bem picadinha, alho poró, joguei farinha de mandioca, sal, pimenta e umas castanhas para ficar crocante. Deixei um tempo no fogo para dar uma torradinha e pronto.

+ veja outras receitas de farofa com e sem carne

Arquivo Pessoal Arquivo Pessoal

Arquivo Pessoal (/)

Salada de batata
O clássico de todo churrasco pode ter inúmeras variações e inclusive ser veganizado. Na minha última salada (foto) resolvi inovar. Piquei batata doce em cubinhos e levei ao forno com azeite de oliva, sal, pimenta, páprica e alecrim. Deixei assando por uns 15 minutos até ficarem crocantes por fora e molinhas por dentro.

Depois misturei cebola roxa cortada em meia lua, tomatinhos cereja, azeitona e ovo cozido picadinho. Emulsionei mostarda, azeite, limão e fiz um molho para jogar por cima de tudo isso. Meia-hora e estava tudo pronto e delicioso.

Outra que já fiz e teve boa aceitação foi uma de batata doce cozida, beterraba cozida e cebola tudo bem cortadinho e com maionese de leite. Se você prefere a batata inglesa é só usá-la em qualquer uma destas versões ou ainda fazer a clássica batata, maionese e tempero verde.

Quem quiser fazer maionese vegana é muito fácil. Dá para usar extrato de soja com água para fazer o leite e depois seguir a receita tradicional de maionese batendo com óleo no liquidificador. Fica ótimo com manjericão ou alho frito. Outra possibilidade é usar tofu. Bata ele no liquidificador com azeite e os temperos de sua preferência, vá acrescentando água bem aos poucos e cuide para não exagerar. A consistência fica ótima e o sabor como você preferir.

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Arroz

Eu tenho um hábito talvez pouco comum que é amar arroz com farofa, de preferência se esse arroz for molhadinho. Algumas formas de inovar o arroz é cozinhá-lo com louro que dá um gostinho; adicionar cúrcuma; cozinhar com cenoura ralada ou brócolis. Inova, dá cor e muito sabor.

Pão de alho

Quem diria?! O bom e velho clássico dos churrascos é vegetariano. Abuse desta deliciosa opção.

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

Cebola e batata assadas

Uma cebola assada na churrasqueira tem seu valor. Se for roxa, então, melhor ainda. Ela tem um adocicado mais acentuada e quando assada, fica molinha, mas com textura excelente. Tempere com aceto balsâmico, sal e azeite de oliva para deixar o prato ainda mais divo.

Thinkstock Thinkstock

Thinkstock (/)

A batata assada também fica muito boa. Pode ser doce ou inglesa. Vale fazer um molhinho para acompanhar o legume. Misturar requeijão (pode ser o vegano vendido no mercado), mostarda e orégano logo que ela sai da grelha é sucesso na certa. Azeite de oliva, sal e pimenta também servem como ótimos acompanhamentos.

Que tal? Acho que você não vai passar fome no próximo churrasco entre amigos, certo? Com receitas rápidas e práticas é possível aproveitar o evento e ainda convencer a galera que você é um cozinheiro de mão cheia (de legumes, claro hehe).