Casamento: 5 truques para arrasar no ensaio pré-festa

O brilho do ensaio pode ser ofuscado pela falta de liberdade ao fotógrafo, escolha de uma locação impessoal ou um figurino mal planejado. Veja como acertar!

Os ensaios pré-casamento são parte importante do registro deste momento especial na vida do casal. Eles servem, não só como lembrança, mas também como material para complementar a decoração da cerimônia. Algumas falhas de planejamento, no entanto, podem comprometer o resultado final e até gerar arrependimentos no casal.

Para ajudar os casais a realizar o ensaio do sonhos, a fotógrafa Babi Nakata deu dicas simples de como acertar em cheio nos cliques.

1. Não fazer “carão” demais

Ensaio pré-casamento

 (Babi Nakata - Produção Aline Dotto/Divulgação)

Fotos posadas são registros necessários, mas aposte sempre em cliques mais naturais. Eles revelam um pouco da personalidade do casal e ainda garantem recordações mais divertidas. O papel do fotógrafo é essencial para obter este efeito leve . “O importante é criar um clima bem descontraído para que os noivos se divirtam. Assim, as fotos ficam bem espontâneas”, explica Babi Nakata.

2. Escolher um figurino confortável

Ensaio pré-casamento

 (Babi Nakata - Produção Aline Dotto/Divulgação)

A escolha da roupa utilizada no ensaio não deve ser menosprezada. O figurino não deve ser apenas bonito, mas confortável. Peças exóticas demais, que não seriam utilizadas normalmente também devem ser descartadas, para que o casal não pareça fantasiado nos cliques. Prefira looks fluidos, com movimento e leveza e, principalmente, que combinem com a personalidade do casal. Babi aconselha que um produtor seja responsável por cuidar da escolha dos looks, cabelos e makes. Com o auxílio de um olhar profissional o resultado será muito mais bonito.

3. Não ter pressa para concluir o ensaio

Ensaio pré-casamento

 (Babi Nakata - Produção Aline Dotto/Divulgação)

Ensaio pré-casamento

 (Babi Nakata - Produção Aline Dotto/Divulgação)

Um bom ensaio de casal precisa de tempo para ser realizado. Portanto, não tenha preguiça de repetir algumas poses até conseguir a foto ideal. Babi ressalta que é preciso dar tempo para que o casal se acostume com a presença do fotógrafo e se solte para cliques mais espontâneos. Cada momento do dia possui uma luz diferente. Sendo assim, a escolha do horário depende também do estilo de ensaio que o casal busca.

4. Escolher um cenário que represente a personalidade do casal

Ensaio pré-casamento

 (Babi Nakata - Produção Aline Dotto/Divulgação)

Ensaio pré-casamento

 (Babi Nakata - Produção Aline Dotto/Divulgação)

Se o casal gosta de aventuras, vale a pena investir em uma locação exótica, que expresse esse lado radical da dupla. Um casal totalmente urbano, no entanto, pode se sentir muito melhor representado em um hotel antigo, um museu ou uma avenida famosa da cidade. “Sempre converso com o casal para entender quais são os locais com os quais mais se identificam: praia, campo, fazenda… E, assim, explorar as possibilidades de fotos”, conta a fotógrafa.

5. Dar liberdade para o profissional criar

Ensaio pré-casamento

 (Babi Nakata - Produção Aline Dotto/Divulgação)

Buscar referências na internet sempre é válido, mas é comum que o casal chegue ao ensaio com uma enxurrada de ideias, tentando dirigir o fotógrafo e limitando sua criatividade. Para evitar que isso aconteça é essencial que o casal conheça bem o trabalho do fotógrafo contratado, entendendo seu estilo, sua linguagem visual e, portanto, compreendendo o que pode esperar do ensaio. “A questão da liberdade para o profissional tem muito a ver com a confiança que é passada aos noivos. É preciso ter mais contato, conhecer bem o casal e deixar que te conheçam também. Se o casal tiver intimidade com o seu trabalho terá mais tranquilidade no dia dos cliques”, lembra Babi.