CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR DE R$ 12,90/MÊS

Brasil x Sérvia: nossos palpites para o bolão da Copa do Mundo

Se a Seleção Brasileira vencer, será que vem a Alemanha nas oitavas de final? Façam suas apostas!

Por Juliana Morales Atualizado em 16 jan 2020, 12h30 - Publicado em 26 jun 2018, 18h08

Foi desesperador, foi nos acréscimos, foi emocionante! A vitória da Seleção Brasileira por 2 a 0 contra a Costa Rica na Copa do Mundo da Rússia deixou a gente rouca de tanto gritar e gerou memes inesquecíveis. Vencemos a nossa primeira partida no Mundial e agora só falta uma para garantirmos a nossa classificação para as oitavas de final do torneio. Estamos quase lá, Brasil! Já conseguimos sentir o cheiro do hexa daqui…

E agora chegou a hora da verdade! O Brasil pode se classificar ou até mesmo deixar o torneio nesse jogo decisivo contra a Sérvia, que acontece na quarta-feira (27), às 15h, em Moscou. E para ajudar a gente a analisar as chances da Seleção do canarinho pistola na partida, contamos com a ajuda da repórter da Fox Sports, Caroline Patatt e do elenco poderoso da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, a goleira Aline Reis e a meio-campo Aline Milene. Vai que é sua, meninas!

Nosso palpite para o placar de Brasil x Sérvia

A vitória do Brasil na última rodada deu um alívio para toda a torcida que ficou angustiada com o empate no primeiro jogo. Mas nada como o mundo dar voltas, não é mesmo? A repórter Caroline Patatt, deve ter levado o bolão da firma com a resposta certeira do placar do jogo contra a Costa Rica. Agora, ela aposta em 2 a 1 para o Brasil fechar em primeiro lugar na chave e se classificar para as oitavas, mesmo pitaco da goleira Aline Reis. Já Aline Milene acha que vamos balançar a rede 3 vezes e a Sérvia vai garantir apenas 1 golzinho. Cair mesmo, é só o Tite!

O que podemos esperar do jogo contra a Seleção da Sérvia?

Será que vamos sofrer pelos 90 minutos igual à última partida e garantir o placar nos acréscimos? Ou vai ser tudo diferente e já vamos sair na frente? É aquela velha história de “tudo pode acontecer”, mas Aline Reis já garante que não vai ser moleza. “Podem preparar os corações, porque não vai ser um jogo fácil, é tudo ou nada para a Sérvia, eles precisam ganhar esse jogo”.

Além disso, “a Sérvia está longe de ser uma seleção boba: tem jogadores experientes, que já jogaram nos melhores times da Europa”. Mas nada de desespero, hein? A goleira vê um lado bom nessa pressão sérvia: “Provavelmente, eles não vão jogar tão retrancados, esperando um erro do Brasil ou um contra-ataque. Eu acredito que saiam para o jogo e busquem o resultado que precisam”. Aí é só aproveitar e trabalhar no ataque. Alô, Gabriel Jesus, Coutinho e Neymar!

Reprodução/Whatsapp
Continua após a publicidade

O que está faltando para o Brasil mostrar o seu melhor?

Conseguimos a vitória no último jogo, comemoramos muito, mas temos que concordar que ainda não conseguimos aquele desempenho dos sonhos, né? Aline Milene aponta uma palavra para a seleção conseguir dar um show dentro de campo: DISCIPLINA. “Nossos jogadores são incríveis tecnicamente. Então, disciplina é de suma importância para que aqueles que ainda não fizeram atuações grandiosas, como o Gabriel Jesus e Marcelo, possam entrar mais no jogo, por exemplo”.

A meia ainda nos deixou mais confiantes: “O Brasil é um time diferenciado. Temos no banco de reserva jogadores que entram e trazem resultados, como aconteceu com o Douglas Costa, que deu um outro ar para o time em campo”. Ei, time: fiquem ATENTOS!

Douglas Costa Selecao Brasileira Copa do Mundo
Reprodução/Whatsapp

A seleção está preparada para as oitavas de final? E se cair com a Alemanha?

O grupo que o Brasil pegou na primeira fase não foi tão fácil assim, não. E o nosso próximo adversário tem reais chances de classificação também, mesmo o Brasil sendo o favorito para vencer a partida contra a Sérvia. A repórter Caroline acredita que a nossa Seleção vai chegar preparada para as oitavas. “Esse grupo criou algumas dificuldades para o Brasil, pelo menos deixou o time mais ligado, mais esperto. Se tivesse pego um grupo mais fácil, talvez isso não acontecesse”, afirma a jornalista.

Apesar do nervosismo ainda presente no time, Caroline acredita que pegar a Alemanha já na próxima fase pode ajudar o Brasil a mostrar que não é mais aquele time do 7 a 1. “A Alemanha mostrou um volume de jogo incrível contra a Suécia, mas também teve as suas dificuldades. O time não está no seu auge. Eu preferiria encarar de uma vez a Alemanha para, quem sabe, embalar de vez em busca do hexa”. Será que vamos ter aquele gostinho maravilhoso de falar “o jogo virou, não é mesmo?” 🙂

Neymar Hexa Copa do Mundo Seleção Brasileira
Reprodução/Whatsapp

 

Continua após a publicidade

Publicidade