Clique e assine com até 75% de desconto

Anitta sobre crise política: ‘Se for para dar opinião bunda, é melhor não dar’

"Se der opinião, estarei indo pela cabeça de outras pessoas, que nem sei se estudaram. Prefiro nem falar."

Por Redação Brasil Post Atualizado em 21 jan 2020, 11h29 - Publicado em 17 abr 2016, 11h31

Nos últimos meses, diversas celebridades se pronunciaram a respeito da crise política no Brasil. Nomes como Leandra Leal, Mônica Iozzi e Alexandre Frota publicaram nas redes sociais textos e vídeos manifestando diferentes opiniões.

Nesta semana, foi a vez de Anitta abordar o assunto.

Em entrevista à Folha de S. Paulo, a cantora de 23 anos primeiro criticou o recente destaque que recebeu da imprensa após um preenchimento labial. “Era irrelevante. Gente, aquela era a semana da crise política. E a capa era eu? Como a capa não era a crise política?”, indagou.

Questionada sobre o atual cenário político do Brasil, disparou:

Não conheço a história da política, não me interesso, não gosto. Não estudei a vida da Dilma para saber se ela fez X, Y ou Z. Não estudei a vida do Lula. Não estudei a vida do PSDB. Se der opinião, estarei indo pela cabeça de outras pessoas, que nem sei se estudaram. Prefiro nem falar. Se for para dar opinião bunda, é melhor não dar.

De acordo com a reportagem, a cantora que despontou na cena nacional com o hit “Show das Poderosas” é a única mulher entre os 20 canais mais populares no YouTube brasileiro. Tem ao todo 871 milhões de visualizações, além de 12,3 milhões de seguidores no Instagram.

Continua após a publicidade
Publicidade