Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Amor sem preconceito: pais coreanos distribuem abraços em festival gay

A mobilização foi uma forma carinhosa dos parentes apoiarem os jovens que sofrem discriminação por suas identidades sexuais, dentro e fora de casa

Por Redação CLAUDIA Atualizado em 28 out 2016, 03h13 - Publicado em 14 jun 2016, 13h26

Abraço de mãe e pai faz toda a diferença naquelas horas difíceis. É por isso que em tempos de preconceito e violência, mães e pais coreanos decidiram espalhar seu apoio aos jovens LGBT de uma forma bem carinhosa: distribuindo abraços. A ação aconteceu no Festival Coreano da Cultura Gay, realizado entre 11 e 19 de junho em Seul, capital da Coreia do Sul. Segundo o jornal Korea Times, a iniciativa veio de membros da associação Pais, Familiares e Amigos de Lésbicas e Gays, que durante o evento também distribuíram livros e manuais explicativos sobre o assunto.

“Eles já enfrentam muitas situações difíceis de preconceito e discriminação por conta de suas identidades sexuais. Se eu decidir rejeitá-lo, quem irá apoiá-lo? Nós precisamos nos unir para construir uma sociedade onde meu filho terá uma vida melhor”, explicou a mãe Ji-in. “Muitos choraram nos meus braços. Fico feliz que tenha feito isso”. Quando o filho de Ji-in contou a ela que era gay, há três anos, a mãe disse ter lido muito sobre o assunto e entendeu que não poderia fazer nada para mudá-lo. “Eu aceito e amo o meu filho como ele é”. 

A página de mídia Face, Speak, Awake, no Facebook, divulgou um vídeo sobre a iniciativa e destacou a busca dos familiares: “Nós não ficamos preocupados por nossos filhos gays e filhas lésbicas, nos preocupamos porque eles terão que viver em um mundo cheio de ódio e discriminação”. Assista:

 

 

Continua após a publicidade
Publicidade