Acho que passo uma imagem de antipática nas entrevistas de emprego. Como causo uma boa impressão?

Nossa colunista Cynthia de Almeida dá dicas para agradar de cara o entrevistador

Eu me preparo muito para as entrevistas de emprego, sou assertiva e dou as respostas corretas, mas tenho um jeito um pouco seco e acho que não consigo conquistar a simpatia do entrevistador de cara.

Pode ser só uma (má) impressão sua, mas vale observar, sim, a questão da empatia imediata. Mesmo inconscientemente, as pessoas tendem a apreciar mais e avaliar melhor quem lhes transmite emoções positivas. Você pode e deve treinar seu índice de “gostabilidade”. Seguem cinco dicas muito simples:

1. Sorria. Não é para chegar ou entrar na sala sorrindo, mas abrir um sorriso diante da pessoa que você quer impressionar bem.
2. Mantenha o olho no olho. Só desfaça o contato visual quando a conversa terminar.
3. Fique de frente. Gire o corpo para ficar sempre de frente ao seu interlocutor.
4. Mantenha seu corpo quieto. Não fique se mexendo, movimentando pernas e braços, colocando a mão nos bolsos ou tamborilando sobre a mesa. Quanto mais tranquila você permanecer, maior credibilidade passará.
5. Pense no entrevistador como um amigo. Se imaginar que está diante de um velho conhecido, diminuirá seu nível de tensão e seu corpo ficará mais relaxado para obedecer às regrinhas básicas acima.

Boa sorte!

Cynthia de Almeida é nossa colunista na revista e escreve aqui no site toda terça-feira. Mande sua dúvida para ela!