8 ideias de brincadeiras que estimulam o desenvolvimento da criança

Psicopedagoga ensina como os pais podem brincar com os filhos para estimular o relacionamento familiar e, ainda, prevenir problemas

O excesso de entretenimento eletrônico e as rotinas cada vez mais ocupadas, tanto de pais quanto de filhos, têm afastado os pais do desenvolvimento das crianças, já que não brincam, nem passam tempo juntos. “Nas brincadeiras, as crianças se aproximam dos pais, e ambos passam a se reconhecer melhor”, diz a psicopedagoga e fonoaudióloga Sheila Leal, criadora do projeto Filhos Brilhantes, que auxilia os pais a orientar o desenvolvimento dos filhos. “Isso é primordial para ajudar no desenvolvimento das crianças e ainda ajuda a identificar um possível distúrbio no tempo certo”, diz. 

Para ajudar as família a se conectarem melhor, Sheila reuniu para CLAUDIA 8 brincadeiras, podem ser feitas em casa, voltadas para diferentes etapas do desenvolvimento da criança:

Até 4 meses:

ThinkStock (/)

Nos primeiros meses de vida, a criança conhece o mundo pelos sentidos. Por isso, o ideal é oferecer brinquedos que fazem barulho, como chocalhos. Uma forma de economizar é montar garrafinhas com grãos dentro, o efeito é o mesmo. Mordedores também são úteis, já que bebês levam muitos objetos à boca.

4 a 6 meses:

ThinkStock (/)

Bebês dessa idade começam a se dar conta que podem movimentar os objetos, é por isso que jogam tudo no chão. “Nessa fase, é legal dar brinquedos de pano para a criança movimentar, e deixa-la rolar uma bola, por exemplo”, ensina Sheila.

6 a 10 meses:

ThinkStock (/)

Nessa época, as crianças já conseguem identificar melhor formas e sons. Por isso, deve-se começar a usar brinquedos de encaixe e que emitam sons. Livros feitos para bebês são uma boa pedida porque incentivam as crianças a explorarem as texturas diferenciadas.

10 meses a 1 ano:

ThinkStock (/)

Sem deixar de lado os brinquedos dos meses anteriores, Sheila destaca que a partir dos 10 meses os bebês começam a ter mais noção de balanço do próprio corpo. “Comece a brincar de dançar músicas e ofereça a oportunidade de o bebê movimentar o próprio corpo, como em cavalinhos de balanço, por exemplo.”

1 a 2 anos:

ThinkSotck (/)

Nessa fase, os pequenos já começam a poder empilhar coisas, seja brinquedos específicos ou objetos da casa, como copos de plástico. Além disso, a partir de um ano e meio, já é interessante colocar as crianças para brincar com o corpo, como uma pequena aula de ginástica, em que elas colocam as mãos para cima e depois para baixo.

2 a 4 anos:

ThinkStock (/)

Essa é a fase em que a criança começa a desenvolver melhor o equilíbrio. A sugestão é fazer um caminho dentro de casa e brincar de caminhar como um leão ou como uma tartaruga dentro e depois fora da linha, por exemplo.

4 a 6 anos:

ThinkStock (/)


 

A partir dos quatro anos, as crianças começam a dominar números, letras e traços. A psicopedagoga sugere brincar de desenhar e colocar letras em grandes folhas de papel, como várias sulfites coladas, por exemplo.


6 a 8 anos:

ThinkStock (/)

Nessa fase, Sheila explica que as crianças já estão aprendendo a escrever e conectar as letras e os fonemas. “Comece a brincar de forca ou ‘stop’, e faça jogos de desenhar ou imitar animais que tenham a letra R, por exemplo”, indica.

Com essas brincadeiras é possível identificar eventuais problemas de desenvolvimento. “As crianças têm até os 4 anos e meio a 5 anos para adquirir todos os sons da língua, incluindo os últimos que consegue aprender, como o ‘pra’ de prato e o ‘tra’ de trator”, diz Sheila. Para estar atento aos filhos e saber o momento de procurar ajuda profissional, é preciso estar presente. “Desligue a TV, deixe o celular por um tempo e dedique-se somente a seu filho”, diz

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s