7 frases que as mães de filho único mais ouvem

"Quando você vai encomendar o próximo bebê?", "Você não tem medo que seu filho seja uma criança mimada?"... Pais e mães que optam pelo filho único precisam ficar serenos diante das costumeiras perguntas indelicadas

1. “Quando você vai ter mais um filho?”

Há três décadas, as famílias pequenas eram raridade no mundo inteiro. Ao longo dos anos, esse cenário foi mudando. De acordo com Carolyn White, autora do livro “Criando Filho Único” (Editora MBooks) e responsável pelo site Only Child, nos últimos vinte e cinco anos, o número de filhos únicos mais do que duplicou. Mais de 20% das famílias de hoje são de filhos únicos. Não existe um fator isolado que tenha determinado essa mudança, e sim uma série deles combinados: a atuação da mulher no mercado de trabalho, a idade mais avançada em que elas engravidam, a busca da estabilidade financeira e emocional do casal, entre outros. Mas, apesar das mudanças sociais, alguns casais que optam por não aumentar a família, ainda são questionados por isso – principalmente por pessoas mais velhas.

2. “Seu filho vai ser egoísta, mimado e superprotegido”

É claro que o medo de ter um filho mimado ou egoísta passa pela cabeça dos pais, e não só daqueles de filhos únicos – afinal, qualquer criança pode ter comportamentos negativos mesmo em meio a vários irmãos. Então, com evitar isso? O segredo é estimular a independência dos pequenos. O desafio dos pais é achar a medida certa de carinho, proteção e limite para que o pequeno cresça, se desenvolva e aprenda a lidar com as frustrações e responsabilidades ao longo da vida.

3. “Seu filho não se sente sozinho?”

Outro tabu que deve ser quebrado é a tese de que o filho único é necessariamente uma criança solitária. Para Carolyn White, isso nunca foi verdade. Segundo ela, o filho único é naturalmente mais sociável do que as demais crianças por uma questão de sobrevivência. “Quem tem irmãos acaba se acomodando e nem sempre parte para novas amizades. Já o filho único precisa se relacionar com outras pessoas para conseguir o que quer”.

4. “E se seu filho pedir um irmãozinho?”

Em algum momento da vida, o filho único irá, sim, questionar os pais. Se isto acontecer com você, tente entender o que motiva a insistência do pequeno em ter um irmão. Esta cobrança pode se relacionar à percepção de que alguns dos amigos tem irmãos. Nesse caso, é provável que a criança se sinta diferente e inferiorizada em relação a eles. De qualquer maneira, os pais não devem se preocupar com isso. Poupe a criança de longas explicações. A psiquiatra Ivete Gattas, médica da Unidade de Psiquiatria da Infância e Adolescência da Universidade Federal de São Paulo, orienta os pais a contarem logo que não pretendem aumentar a família. “Mesmo que a reação da criança não seja das melhores no primeiro momento, não caia na tentação de alimentar falsas esperanças nem diga que vai repensar o assunto.”

5. “Quando ele for maior, vai culpar você por não ter dado um irmão”

A opção de ter um filho único não deve causar sentimento de culpa nos pais, mas, sim, de responsabilidade por uma escolha feita.

6. “Eu sei, dá gasto educar os filhos, né? Por isso você não quer ter outro?” 

Decidir ter um, dois ou mais filhos é também uma decisão econômica. Com um pensamento racional e as contas na ponta do lápis, fica mais fácil fazer a escolha certa para sua família. O que os pais não precisam é dar satisfação sobre isso para outras pessoas.

7. “Você pode se arrepender no futuro, quando ficar mais velha”

Algumas pessoas afirmam que um irmão pode ajudar o outro a cuidar dos pais quando eles estiverem mais velhos. Mas é impossível prever como será o futuro. Essa expectativa, na realidade, existe para todos!

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s