Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Solidão aumenta risco de morte por AVC e infarto

Estudo britânico concluiu que viver isolado amplia em 32% a chance de óbito

Por Da Redação - 27 mar 2018, 21h33

Privar-se do convívio com outras pessoas aumenta o risco de morte por infarto e acidente vascular cerebral (AVC), indica estudo realizado na Grã-Bretanha e publicado nesta terça-feira (27). A pesquisa foi baseada em um questionário sobre solidão e recolheu dados de 479 mil pessoas.

“O isolamento social e o sentimento de solidão estão associados a um maior risco de infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral”, afirmam pesquisadores finlandeses na revista médica HeartO estudo britânico inovou pois isolou este fator de outros. A solidão se soma a outros riscos para o coração, como tabagismo, alimentação desequilibrada, falta de atividade física e uma saúde mental desregulada. Excluindo os demais riscos, a solidão aumenta em 32% a chance de morte por infarto ou AVC, concluiu o estudo.

Leia mais: Sobremesas para a páscoa: 45 receitas irresistíveis

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade