Clique e assine com até 75% de desconto

Pesquisa ressalta riscos do uso de cloroquina contra COVID-19

Pacientes de 6 continentes foram testados, mas os resultados não foram encorajadores

Por Ana Claudia Paixão Atualizado em 23 Maio 2020, 11h22 - Publicado em 22 Maio 2020, 14h09

Depois de testarem a hidroxicloroquina e cloroquina em mais de 96 mil pessoas com COVID-19, cientistas americanos chegaram à conclusão de que as medicações não apresentam benefícios no tratamento da doença. “Não podemos confirmar benefícios da hidroxicloroquina ou cloroquina, usadas sozinhas ou em conjunto, no tratamento hospitalar contra COVID-19″, diz o relatório publicado hoje na revista The Lancet. “Cada um desses medicamentos foi associado à diminuição de sobrevida hospitalar e com o crescimento de arritmia ventriculares quando usados para o tratamento da COVID-19″, completa.

Os dados da pesquisa foram reunidos entre dezembro de 2019 até abril desse ano, vindos de 671 hospitais em seis continentes. Os testes foram feitos nos pacientes confirmados com a doença, com a medicação sendo administrada em até 48h depois dos resultados de positivo para o novo coronavírus. Mais de 46% das pessoas testadas eram mulheres, com idades de até 53 anos. Desse grupo, 11.1% vieram a falecer no hospital e todos os casos foram associados com aumento de risco de morte devido ao crescimento da arritmia.

Óscar J. Barroso/Europa Press via Getty Images/Getty Images

 “Apesar de ser geralmente seguro quando usado no tratamento aprovado contra doenças autoimunes ou malária, a segurança e benefícios desse tratamento para COVID-19 foram consideradas fracas”, diz o relatório.   

Este é o maior estudo feito com pacientes infectados e internados com a COVID-19 e a prescrição de cloroquina e hidroxicloroquina. Na quarta (20), a Organização Mundial da Saúde já tinha alertado quanto aos efeitos colaterais dos remédios e falta de comprovação da eficiência do uso deles contra a doença. 

  • Em tempos de isolamento, não se cobre tanto a ser produtiva

    Continua após a publicidade
    Publicidade