Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Paralimpíadas 2016: todas as medalhas conquistadas pelo Brasil

Se você achou as Olimpíadas incríveis, é porque ainda não assistiu aos Jogos Paralímpicos!

Por Gabriela Kimura - Atualizado em 21 jan 2020, 05h15 - Publicado em 9 set 2016, 16h31

Para quem é fã de esportes, o ano de 2016 é um grande momento: tanto as Olimpíadas quanto as Paralimpíadas têm sede no Rio de Janeiro, o que garante uma oportunidade ótima para ver de pertinho os shows de diferentes atletas.

Depois de muita emoção em agosto, o mês de setembro também chegou com muitas notícias boas para os paratletas brasileiros. O país está em quinto lugar no quadro de medalhas da competição, com um total de 27 medalhas, estando atrás de grandes potências como China, Grã-Bretanha, Ucrânia e Estados Unidos.

Alexandre Loureiro / Stringer / Getty Images
Alexandre Loureiro / Stringer / Getty Images

Daniel Martins comemorando a vitória dos 400m rasos.

Continua após a publicidade

E olha só: o atletismo conquistou cinco medalhas de ouro e seis de prata, tanto nas modalidades femininas quanto masculinas. Além disso, Daniel Dias brilhou muito na natação, nos 200m livre, nos 100m peito e nos 50m borboleta, ganhando ouro, prata e bronze. E não pense que ficou nisso, não – Phelipe Rodrigues conquistou a prata na natação, nos 50m livre masculino, Ítalo Pereira também ganhou medalha de bronze no estilo 100m costas.

Buda Mendes / Staff / Getty Images
Buda Mendes / Staff / Getty Images

O nadador Daniel Dias com sua medalha de ouro.

Para as mulheres, a judoca Lucia da Silva Teixeira Araújo conquistou a prata, após uma disputa acirrada contra a ucraniana Inna Cherniak. A primeira medalha feminina desta edição veio cheia de emoção! Veronica Hipolito também fez bonito nos 100m rasos, ficando em 2º lugar no pódio. O bronze chegou para Izabela Campos, com o lançamento de disco. Na pouco conhecida modalidade de lançamento de dardos, Shirlene Coelho carrega agora a medalha de ouro pela incrível perfomance. Além de Lucia Araújo, o judô também ganhou mais uma medalha, desta vez de prata, com a atleta Alana Maldonado Martins.

Atsushi Tomura / Stringer / Getty Images
Atsushi Tomura / Stringer / Getty Images

Alice de Oliveira Correa, que ficou em 4º lugar nos 100m rasos feminino.

Continua após a publicidade

Nas demais modalidades, o Brasil também tem grande destaque neste final de semana:

Buda Mendes / Staff / Getty Images
Buda Mendes / Staff / Getty Images

Ítalo Pereira, bronze na natação.

  • No vôleibol sentado, tanto a seleção feminina quanto a masculina seguem bem colocadas na competição;
  • Tiro com arco, bocha rugby sentado terão as classificatórias;
  • David Andrade e Welder Knaf competem nas quartas de final do tênis de mesa;

Se você achou pouco, então prepare seu coração para os recordes quebrados: Ariosvaldo Fernandes Silva bateu o recorde paralímpico nos 100m rasos do britânico Mickey Bushell. Passou os 14.75s dele, reduzindo a marca para 14.69s. Já nos 400m rasos, o medalhista Daniel Dias bateu o próprio recorde, atingindo a marca de 47.22s. No lançamento de disco masculino, Claudiney Batista dos Santos também quebrou o recorde do cubano Leonardo Diaz, de 44.63m, subindo para 45.33m.

 

Publicidade