Mitos e verdades sobre os vasinhos

Especialista explica quais são os fatores que favorecem o aparecimento de vasinhos e varizes

Os temidos vasinhos podem aparecer em qualquer fase da vida – da adolescência à terceira idade, passando pela gravidez. Sua incidência indica que, geralmente, há risco de problemas circulatórios mais profundos. “Geralmente indicam que a paciente tem varizes nutridoras dos vasinhos”, explica o cirurgião vascular, Dr. Fernando Bacalhau. “Essas ramificações tendem a aumentar e crescer com o passar do tempo, ficando cada vez maiores e mais visíveis”, conclui.
 
O especialista pela sociedade brasileira de angiologia e cirurgia vascular esclarece o que é mito e o que é verdade sobre esse problema.
 
·Os vasinhos se transformam em varizes. MITO.

Muitas vezes, os vasos aparecem devido à presença de varizes; mas não crescem a ponto originarem novos exemplares.

·Salto alto causa vasinhos. MITO,

Pessoas que não usam salto alto também possuem vasinhos. Inclusive, as rasteirinhas são maiores causadoras de varizes.

·Meia elástica compressora evita o aparecimento de vasinhos. VERDADE.

Segundo o doutor Fernando, a meia elástica ajuda em 20% o retorno do sangue ao coração e estimula a circulação.

·Anticoncepcional hormonal aumenta as chances de aparecimento de vasinhos. VERDADE.

Os anticoncepcionais possuem hormônios que enfraquecem as paredes dos capilares venosos, levando ao aparecimento dos vasos. “Sua incidência também aumenta com o tabagismo”, comenta o médico.

·Depilação com cera quente causa vasinho. VERDADE.

Esse procedimento, que promove a alteração da pele, enfraquece a parede dos capilares.

·Ficar muito tempo sentada ou de pé causa vasinho. VERDADE.

Permanecer por horas na mesma postura estimula o inchaço e o aparecimento de vasinhos.

·Vasinhos aparecem com maior frequência na gravidez. VERDADE.

Durante a gravidez, o fluxo sanguíneo da mãe aumenta em 50%, estimulando e levando à sobrecarga venosa.