Clique e assine Claudia a partir de R$ 8,90/mês

Ministério da Saúde suspende produção de 19 remédios que são gratuitos

Foram suspensos contratos para fabricar medicamentos importantes para tratamento de câncer, diabete e transplantes.

Por Daniella Grinbergas - Atualizado em 15 jan 2020, 13h06 - Publicado em 16 jul 2019, 12h04

O Ministério da Saúde rompeu contratos com laboratórios que produzem 19 medicamentos que são distribuídos à população pelo Sistema Único de Saúde (SUS) de forma gratuita. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, foram suspensos projetos de Parcerias para o Desenvolvimento Produtivo (PDPs), sendo que esses laboratórios parceiros fornecem os medicamentos com valores 30% abaixo do mercado.

Em resposta ao jornal, o Ministério da Saúde diz que trata-se de um ato de suspensão por um período transitório e que os medicamentos que eram fornecidos pelos laboratórios púbicos serão adquiridos da iniciativa privada. Porém, há um grande receio sobre o risco o abastecimento.

Os remédios fabricados pelos laboratórios Biomanguinhos, Butantã, Bahiafarma, Tecpar, Farmanguinhos e Furp, que devem ter a parceria interrompida, são indicados para pessoas com câncer, diabetes e transplantados. 

Veja aqui a lista dos medicamentos suspensos divulgada pelo jornal.

Publicidade