CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Hepatite é uma doença silenciosa

Hepatite A, Hepatite B ou Hepatite C. Todo cuidado é pouco com o vírus da Hepatite C permanece vivo por 7 dias no sangue seco e até meio mês dentro do esmalte de unhas

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 12h20 - Publicado em 28 out 2008, 21h00

Quando fizer as unhas, leve seu próprio 
kit-manicure. 
Foto: Dreamstime

Manicures e clientes precavidas vivem de olho na esterilização de alicatinhos e pazinhas para evitar infecções. “A maioria das pessoas não tem noção de como a Hepatite é facilmente transmissível”, afirma Hoel Sette Júnior, da Sociedade Brasileira de Hepatologia.

Trata-se de uma doença que quase nunca apresenta sintomas. “Geralmente, a descoberta vem em um exame de sangue de rotina ou quando se manifesta a sua pior conseqüência: o câncer no fígado”, explica o infectologista André Araújo, do Hospital da Criança, do Rio de Janeiro.

Hepatite A

Durante a estação mais quente do ano, o número de vítimas do vírus da Hepatite A aumenta muito. Isso porque o perigo se esconde na água. Para que o vírus se instale, basta dar um mergulho no mar e engolir umas gotinhas infectadas de água ou mastigar pedras de gelo feito com água de fonte contaminada.

• Transmissão: por via oral, principalmente por meio da água e de alimentos contaminados com o vírus. Trata-se de uma doença altamente transmissível de uma pessoa para outra por saliva, sangue e contato sexual.

• Sintomas: náusea, diarréia, vômito, dor nas articulações, escurecimento da urina e amarelamento da pele e da parte branca dos olhos.

• Diagnóstico: via exame de sangue específico.

• Tratamento: A Hepatite A é considerada benigna: em 99% dos casos o fígado se recupera. “Por isso, a vacina para essa doença não faz parte do programa de vacinação oferecido pelo Ministério da Saúde”, diz a médica Flavia Bravo, do Rio de Janeiro. Remédios para náuseas e vômitos são receitados, além de repouso e uma alimentação leve.

 
Continua após a publicidade
Publicidade