Clique e assine Claudia a partir de R$ 5,90/mês

Doenças transmitidas durante chuvas e enchentes

Aprenda a se proteger das doenças que as chuvas e enchentes podem causar: leptospirose, hepatite A, febre tifóide...

Por Redação M de Mulher - Atualizado em 20 jan 2020, 12h29 - Publicado em 12 jan 2011, 21h00

Proteja-se dos males das enchentes!
Foto: Getty Images

Em épocas de chuvas torrenciais, é importantíssimo ficar em estado de alerta com relação a riscos que as inundações podem causar à saúde.

Isso porque as águas que transbordam dos rios e bueiros entram em contato com a rede de esgoto, com animais portadores de doenças e seus excrementos (fezes e urina). Portanto, ficam contaminadas e criam oportunidades para a entrada de vírus, bactérias ou vermes pela pele, principalmente se houver feridas. Conheça as principais doenças e proteja-se…

Problemas de saúde

Leptospirose
É transmitida por meio do contato da pele com água contaminada com urina de rato. Por meio de pequenas lesões na pele, a bactéria entra na corrente sangüínea e instala-se nos chamados músculos longos (como o da batata da perna). Se o tratamento não for imediato, pode atingir pulmões e rins, provocando a morte. 

Os sintomas são dores de cabeça e muscular, febre alta, calafrios e fraqueza. Esses sintomas surgem, em geral, de 10 a 14 dias depois do contato com a bactéria. Pele amarela significa estágio avançado da doença. Por isso, diante de qualquer sinal, não se automedique e procure um médico imediatamente. 

Hepatite A
Essa doença causa problemas no fígado e é transmitida por meio da ingestão de água contaminada pelo seu vírus. Trata-se de uma doença altamente transmissível, ou seja, passa de uma pessoa para outra por saliva, sangue e contato sexual. Náuseas, febre, falta de apetite, fadiga, diarreia e icterícia são os sintomas mais comuns. 

Febre tifóide
Causada pela bactéria “salmonella typhi”, que também pode estar nas águas das enchentes. É uma doença rara, mas mortal. 

O contágio só ocorre com a ingestão de água ou alimentos contaminados. Sintomas: dor de cabeça, febre que aumenta e diminui, vômito, falta de apetite, diarréia e intestino preso (alternadamente), fraqueza e problemas cardíacos, entre outros. 

Continua após a publicidade

Salmonela e cólera 
Seus sintomas são diarréia e desidratação; e sua transmissão acontece também através da ingestão de água contaminada.

Além delas, micoses e infecções gastrointestinais completam a lista de doenças provocadas pela ingestão de alimentos e água infectadas.

Dicas de prevenção

– Para evitar problemas, durante e depois da enchente, tente ter o mínimo de contato possível com a água contaminada e mantenha os alimentos protegidos dela. Beba somente água filtrada ou fervida e nunca reaproveite a da enchente.

– Proíba que as crianças brinquem em áreas alagadas. 

– Se a água invadiu a casa, jogue fora os alimentos perecíveis (frutas e legumes) 

– Após a chuva, comece rapidamente a limpeza dos locais atingidos pela água e pela lama, protegendo-se com botas e luvas. 

– Aproveite também para lavar as caixas d’água, misturando um copo de água sanitária em 20 litros de água. Esvazie, tire a lama, jogue a mistura e aguarde 30 minutos. Encha com água limpa, esvazie novamente e volte a encher. Só então, pode utilizar a água. 

*Com informações das revistas VIVA!MAIS, ANAMARIA e SAÚDE! 

Continua após a publicidade
Publicidade