Dengue: conheça os sintomas e o que fazer para se proteger da doença

Saiba como se livrar da dengue com truques simples indicados por especialistas

O ano de 2015 teve o maior número de casos notificados de Dengue desde 1990, quando as estatísticas começaram a ser monitoradas. Segundo o mais recente boletim do Ministério da Saúde, foram 1.463.776 casos prováveis da doença registrados de 4 de janeiro até 26 de setembro no Brasil. O recorde anterior, de 2013, era de 1.452.489 pessoas infectadas.

Conversamos com o biólogo Jair Rosa Duarte, consultor da Associação Brasileira de Controle de Vetores e Pragas, e te ajudamos a manter sua família longe do mosquito Aedes aegypti:
 
· Não deixe a água acumular em recipientes como vasos, calhas, pneus, garrafas ou latas.
· Mantenha sempre bem fechadas as caixas d´água e os poços. É importante que a manutenção da caixa seja feita ao menos uma vez por ano.
· Coloque terra ou areia em vasos e pratinhos de plantas. Se tem bromélias, borrife as folhas com água sanitária diluída em água (use uma medida do produto para a mesma medida de água).
 · Trate a água da piscina com cloro. Se ela estiver vazia, cubra-a, mas fique atenta ao acúmulo de chuva sobre a cobertura.
· Comunique seu munícipio caso exista alguma situação que propicie a aparição do mosquito pelo tel.: 0800-611997.
· Inspecione sua casa todas as semanas para garantir que não haja água parada em nenhum lugar.

Sintomas

 

Quem é picado pelo mosquito da dengue (Aedes aegypti) tem dor de cabeça, febre alta, fadiga, dores musculares, nos olhos e nas articulações, falta de apetite, sangramentos leves e manchas na pele.

Proteja-se: a infecção causada pelo mosquito preto com manchas brancas (Aedes aegypti) é séria! Não deixe água limpa se acumular em garrafas, pneus e entulhos no quintal ou em algum terreno vazio perto da sua casa. Deixe a caixa d´água sempre bem tampada.

Ih, já foi… se tiver alguma desconfiança de que a dengue pegou você, corra para o médico! Não tome remédios em casa, pois eles podem agravar o problema.

Cuidado! Lave os potes de água dos animais com bucha e encha de areia o pratinho das plantas. Mantenha ralos fechados e conserte entupimentos ou vazamentos em casa.

Lembre-se: a borra do café é uma aliada! A cafeína mata os ovos e seu cheiro afasta os insetos. Coloque no pratinho dos vasos uma mistura de areia e borra de café. 

 

Dengue: conheça os sintomas e o que fazer para se proteger da doença

Encha de areia o pratinho das plantas e coloque borra de café
Foto: Getty Images

Muito além da areia no pratinho dos vasos

 
Você sabia que até a água acumulada no ar-condicionado pode atrair o mosquito da dengue? Confira essas e outras dicas dadas pelo mestre em arquitetura pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (USP), Gustavo Curcio.

Cuidado com as poças: em piso desnivelado, elas se tornam verdadeiros criadouros do mosquito. Seja rápida e, ao fim de cada chuva, elimine as poças com um rodo.

Com a boca para baixo: embalagens devem estar sempre tampadas ou viradas com a entrada para baixo. Se forem grandes, proteja com uma lona impermeável (e não esqueça de eliminar as poças que se formam sobre ela).

Piscina vazia e limpa: depois de usar piscinas de plástico, jogue fora toda a água. Mantenha-as sempre limpas, com atenção especial para as bordas e ranhuras.

De olho em telhas e calhas: a água da chuva pode ser bloqueada por galhos e folhas. Por isso, faça sempre uma limpeza, escovando toda a extensão das calhas e telhas.

Ar-condicionado e filtro: verificar as bandejas a cada 15 dias é fundamental por causa do acúmulo de água do próprio aparelho e também da água da chuva que se infiltra nele.

Bebedouro limpo: sabe a grade que serve de apoio para os copos? Deixe-a sempre limpa e sem água parada.