CLIQUE E RECEBA EM CASA A PARTIR R$ 14,90/MÊS

Aposente os óculos

Você já não suporta usar lentes nos olhos? Então confira 7 motivos para fazer a cirurgia de miopia, astigmatismo ou hipermetropia

Por Redação M de Mulher Atualizado em 21 jan 2020, 12h21 - Publicado em 28 out 2008, 21h00

Está mais fácil acabar com os distúrbios 
que alteram a visão. Foto: Dreamstime

Certa vez um poeta chamou os olhos de janelas da alma. Então, tem muita janela por aí com uma cortina na frente, embaçando todas as imagens, certo? 

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, um quarto dos brasileiros não tem a vista perfeita. Porém, 98% dessas pessoas não consideram a possibilidade de fazer cirurgia para corrigir problemas de visão como miopia e astigmatismo.

A cirurgia é a melhor opção para quem não agüenta mais usar óculos e lentes de contato. É o que garante Henrique Celso Rocha, chefe do departamento de cirurgia refrativa do Centro Brasileiro de Cirurgia dos Olhos. O custo-benefício é bom. Mesmo que o preço ainda seja um pouco alto, é o fim das limitações causadas pelos problemas de visão, ele explica.

Ainda está em dúvida? Confira sete razões para você apostar de vez nessa idéia.

1. Ela está mais barata
Há alguns anos, essa cirurgia custava cerca de R$ 3 mil por olho. Agora, já é possível operar ambos por R$ 1,2 mil. Seguindo a legislação da Agência Nacional de Saúde (ANS), a maior parte dos planos de saúde cobre o procedimento apenas quando o paciente tem mais de 7 graus de miopia. Ainda assim, é possível parcelar a cirurgia diretamente com seu médico ou com a instituição onde você pretende fazer a operação.

2. O risco de problemas é muito baixo
As operações para correção de miopia, hipermetropia e astigmatismo estão cada vez mais seguras. As complicações estão ligadas às dificuldades de cicatrização ou infecção pós-cirúrgica. Contudo, se o paciente seguir todos os cuidados indicados pelo médico, o risco é praticamente zero. No Brasil, as estimativas indicam que são realizadas cerca de 300 mil cirurgias refrativas por ano e em apenas 1% acontece algum problema.

3. Dói menos!
Sim, a dor ainda existe – afinal, em alguns casos é preciso fazer um corte na córnea antes de aplicar o laser. Mas a dor do pós-operatório pode ser totalmente controlada por colírios. O paciente também pode sentir algum desconforto nos primeiros dias depois da operação – uma sensação de areia nos olhos, que pode ser controlada com o uso correto dos remédios prescritos pelo oftalmologista.

Continua após a publicidade
Publicidade