5 dicas para não ficar doente numa viagem de férias

Quem nunca pegou uma gripe daquelas durante uma viagem de férias é, realmente, um sujeito de sorte! Saiba como evitar também

Quem nunca pegou uma gripe daquelas, uma alergia ou alguma complicação no sistema digestivo durante uma viagem de férias é, realmente, sortudo. Afinal, não há nada mais decepcionante e preocupante do que adoecer em um lugar desconhecido – muitas vezes em um país diferente ou cidades que não possuem tanta infraestrutura na área da saúde. 

E por mais que, nesta época, não nos atentemos para cuidados básicos com o nosso organismo, deveríamos fazê-lo, já que sempre há mudanças drásticas na nossa rotina quando saímos de casa: hábitos alimentares desregrados, horas a fio em aviões (respirando o mesmo ar que dezenas de pessoas) e a falta de exercícios físicos. 

Veja também: 5 dicas para economizar em viagens nacionai​s.

Revisitando o famoso jargão de que é sempre melhor prevenir do que remediar, reunimos 5 dicas de ouro para você não passar apertos quando o assunto é saúde para conseguir curtir suas férias sem grandes perrengues e dores de cabeça, confira:

1. Proteja seu nariz dos germes

O ar do deserto do Saara talvez seja o mais nocivo para o sistema imunológico, portanto, caso você faça uma viagem com uma rota aérea que passe por aquela região, fique alerta. As altíssimas temperaturas desta porção atmosférica podem causar um grande estrago nas suas membranas nasais – que consequentemente ficarão mais suscetíveis à contaminação por germes. 

As células que revestem o interior do seu nariz possuem pelos microscópicos que protegem esta região da ação dos micróbios. Mas se o seu nariz está muito seco, estes pequenos cílios ficam expostos e não funcionam direito. Então, pode parecer estranho, mas para manter o seu nariz bem hidratado, é recomendado que você aplique um pouco de soro fisiológico uma hora antes do voo. (Pode usar uma bolinha de algodão para passar na parte exterior também, mais especificamente na região das duas narinas). 

É melhor que você repita o feito assim que chegar no seu destino final, ou quando sentir dificuldades na respiração decorrentes do ar seco. Esta é uma boa maneira de prevenir infecções no pulmão causadas pela ação silenciosa destes micróbios. 

Veja também: 10 aplicativos de celular para deixar sua viagem mais fácil e divertida.

2. Opte por beber água com gás

Não precisa se envergonhar: ter diarréia na viagem de férias é algo mais comum do que você imagina – cerca de 70% dos turistas que visitam outros países já passaram por este desconforto. E para a surpresa da maioria que, muitas vezes, coloca a culpa nas comidas típicas, esta não é a real causa do problema: a grande inimiga aqui é a água da torneira, que pode possuir bactérias desconhecidas. Por isso é muito importante que nós bebamos apenas água filtrada.

Outra causa que também pode levar à diarréia é um alto teor de ferro presente na água. Para os que gostam da versão com gás da bebida, temos uma boa notícia: esta é considerada a mais segura, porque possui uma propriedade capaz reduzir o pH (grau de acidez) do estômago e então matar as bactérias presentes no sistema gastro-intestinal.

E não é só se lembrar de não beber água da torneira: recomendamos que você também não a use para escovar os dentes, porque invariavelmente, acabamos por engolir um pouquinho durante o processo de escovação. Amarre nela uma toalhinha para se lembrar ou cole no espelho um aviso com fita. 

Agora você já pode pedir com gosto um copo com fatias de limão e gelo para bebê-la não é mesmo?

Veja também: Você pode não desconfiar, mas pode ter intolerância à lactose. Saiba como descobrir!

3. Preste atenção nos níveis de magnésio do seu organismo

Cerca de 48% das mulheres com faixa etária entre 31 a 50 anos não consomem quantidades necessárias de magnésio, e baixos níveis deste mineral podem ocasionar câimbras doloridíssimas, enxaquecas e stress: todos estes três fatores podem prejudicar bastante o desempenho do seu precioso sono à noite, tanto é que muitos pesquisadores consideram o magnésio como um relaxante natural. 

Tomar 400 miligramas de citrato de magnésio nos dois primeiros dias de viagem a ajudará a ter uma noite de sono mais tranquila e também atuará como um laxante no seu intestino, fixando, assim, uma maior quantidade de água nas paredes do tubo digestivo; este último é um dos maiores pontos positivos, pois você não se sentirá inchada ou indisposta para curtir as férias. Parece uma boa ideia, não é mesmo?

Leia mais: 5 casas na árvore incríveis para adicionar ao roteiro de viagem.

4. Cuide bem da sua flora intestinal

Cerca de 70% de todo o nosso sistema imunológico está concentrado na sua barriga, então nada mais justo do que olharmos com carinho para a nossa flora intestinal, não é mesmo? É recomendável que ela esteja bem completa (afinal, nem todas as bactérias fazem mal para nós) e para isso é importante que antes da viagem você se consulte com um médico para ver a necessidade de complementar os probióticos do seu organismo. 

Esta preocupação pode parecer exagero, mas não é: muitas pessoas tomam lactobacilos ou bifidobactérias para se prevenir de possíveis complicações no sistema gastro-intestinal. 

5. Preste atenção no seu relógio biológico – porque ele é poderosí

Um estudo publicado no jornal do Centro Universitário de Ciência e Saúde da Universidade do Texas comprovou que animais possuem um segundo relógio biológico que pode reajustar o ritmo circadiano, que se refere à duração de cada dia, capaz de fazer com que o bichinho apague quando a comida é escassa e acordar quando as condições estão melhores. 

Mas o que isto tem a ver com a gente? Então, mesmo que esta capacidade ainda não tenha sido identificada com toda certeza em humanos, não há razões consistentes para duvidar que o nosso relógio biológico também trabalha desta maneira, confirmou o autor do estudo, Clifford Saper. 

Por exemplo, se você passa um dia inteiro no avião em uma viagem à Europa, você pode parar de comer depois de ter almoçado, tirar uma soneca enquanto o avião decolar e tomar um café-da-manhã reforçado quando chegar no seu destino final. Gostou da ideia? Então, boa viagem! 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s