Wagner Moura fala sobre sua estreia em Narcos, do Netflix

Wagner Moura interpreta o traficante colombiano Pablo Escobar em Narcos, que será veiculada no mundo todo

Capitão Nascimento, de Tropa de Elite, ia ficar furioso se visse onde Wagner Moura se enfiou. O ator baiano de 39 anos trocou a vida de policial incorruptível pelo tráfico de drogas. Wagner estreia amanhã (28 de agosto) em Narcos, nova série do Netflix em que interpreta Pablo Escobar, o traficante colombiano mais famoso da história. O personagem é lembrado pela imensa fortuna que acumulou e por torturar, assassinar e cometer barbaridades com quem atravessasse seu caminho. Seu lema, “grana ou chumbo”, era a síntese disso tudo. “Diria que Pablo é uma pessoa má. Sem dúvida nenhuma. Mas o meu trabalho foi procurar esse ser humano que existe nele”, disse Wagner a CLAUDIA. Para a série, que será veiculada no mundo todo, o ator fala em espanhol. Cinco meses antes de a equipe chegar à Bogotá, onde foi feita a maior parte das gravações, ele já estava morando na Colômbia, matriculado em um curso de espanhol. “Quando começaram as filmagens, trabalhei com um coach que ficou o tempo todo no set corrigindo minha pronúncia”. Wagner também teve que caprichar na alimentação. Ele engordou 20 quilos para ficar mais parecido com o personagem. “Estou gordo pra caramba. E nunca mais vou engordar para um papel. No começo é bom, porque você come sem limites sobremesa, massas. Mas depois…”. Na conversa com CLAUDIA ele também falou sobre família, legalização das drogas e até sobre a crise “institucional, moral e política” pela qual o Brasil está passando. A entrevista completa você confere na edição de setembro da revista, que chega na semana que vem às bancas.